Pink Floyd processa EMI por erro em royalties

Banda campeã em vendas acredita que gravadora não pagou o que devia

Redação iG Música |

O grupo Pink Floyd está processando a gravadora EMI por um erro de cálculo no pagamento de seus royalties.

De acordo com os membros do grupo, a companhia pagou muito menos do que deveria pelos direitos autorais de seu catálogo.

O Pink Floyd assinou seu contrato com a EMI em 1967, e desde então é um dos campões em vendas de discos, sendo ultrapassados nos últimos 25 anos apenas pelos Beatles.

    Leia tudo sobre: pink floyd

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG