Paul McCartney: taxistas que cobrarem fora da tabela serão cassados

Prefeitura promete fiscalização e alerta fãs que vão ao show do ex-Beatle para exigirem que corridas sejam feitas com taxímetro

iG Rio de Janeiro |

AFP
Paul McCartney acena para os fãs em sua chegada ao Peru, onde iniciou a turnê

A Secretaria Municipal de Transportes (SMTR) faz um alerta aos fãs que pretendem optar pelo serviço de táxi para ir aos shows de Paul McCartney no domingo (22) e na segunda-feira (23), no estádio do Engenhão, zona norte do Rio.

Checar se o veículo está regulamentado e que o taxímetro está ligado são medidas que podem evitar problemas e são um direito do cidadão. Ações planejadas para combater possíveis irregularidades na prestação do serviço já estão previstas para os dias de show.

A Secretaria recomenda ainda que o passageiro cheque se as características do táxi estão corretas. Possuir placa vermelha, taxímetro com lacre do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem – RJ) e letreiro luminoso na parte superior do veículo - que deve estar pintado na cor amarela com uma faixa azul nas laterais – são alguns itens que podem ser observados.

Recentemente, 20 taxistas tiveram suas permissões cassadas em função da cobrança “no tiro” – sem o uso do taxímetro. Na ocasião, o motorista flagrado cometendo esta infração sofrerá a mesma penalidade. A população também pode contribuir procurando um agente de trânsito ou um fiscal da SMRT efetuando uma denúncia em caso do comportamento irregular do taxista. Para que o registro seja feito é necessário que o usuário se identifique e forneça informações como: local, data e horário da ocorrência; nome e número de registro do condutor; e placa do veículo.

O número de Tele Atendimento da Prefeitura do Rio de Janeiro é 1746.

Abaixo a lista de documentos obrigatórios do taxista/veículo:

Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos, do Detran-RJ, com validade de acordo com o calendário anual; selo de vistoria na parte superior central do para brisa dianteiro; Cartão de Identificação de Auxiliar de Transporte (CIAT); Certificado de vistoria do veículo, expedido pela SMTR; certificados de homologação para veículos modificados em relação à utilização do GNV (Gás Natural Veicular) e outras, e de desinsetização, na validade, por empresa credenciada pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea-RJ) e ordem de serviço firmados pelo técnico responsável; e Apólice de seguro ou proposta emitida há no máximo 30 dias; além, claro, da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), válida, do condutor.

Na quinta-feira (12), a Prefeitura do Rio de Janeiro divulgou o esquema especial de transporte, trânsito e segurança para os dois dias de show.

    Leia tudo sobre: paul mccartneyshowtáxitrânsitotaxímetro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG