Paul McCartney revela alívio pela reconciliação com John Lennon

Músico fala sobre a última conversa com ex-parceiro antes de sua morte e brinca com a canção "Yesterday" em programa de TV

iG São Paulo |

Reprodução
Paul McCartney e Jimmy Fallon brincam com a letra de "Yesterday" durante o programa de TV
Durante sua entrevista no "Late Night With Jimmy Fallon", o músico Paul McCartney revelou seu alívio por ter se reconciliado com o ex-parceiro dos Beatles, John Lennon, pouco antes de sua morte, em 1980.

De acordo com o cantor, a dupla conseguiu retomar a amizade após uma série de problemas profissionais. "Nós conversamos sobre como se assa um pão e outras coisas comuns. Na época ele tinha um filho pequeno, Sean, então pudemos conversar sobre crianças, família, pães e coisas do tipo", contou.

McCartney ainda disse que considera o assassino de Lennon, Mark Chapman, como o maior de todos os idiotas. "Isso foi tão triste porque nós pensávamos que John estaria por perto para sempre e que sairíamos juntos", lamentou.

Depois de tocar em um assunto tão sério, o músico e o apresentador - que pertenceu ao grupo de humoristas do programa "Saturday Night Live" - brincaram com a letra de "Yesterday", cantando juntos aquela que seria sua "versão original", em que abre a canção com "Scrambled eggs/ Oh my baby how I love your legs/ Not as much I love scrambled eggs/ Oh we should eat some scrambled eggs" ("Ovos mexidos/ Oh minha querida como eu amo suas pernas / Não mais do que amo ovos mexidos/ Oh nós deveríamos comer ovos mexidos", em tradução livre).

Assista abaixo ao vídeo do dueto:

    Leia tudo sobre: Paul McCartneyJohn Lennon

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG