Objetos raros dos Beatles são leiloados em Buenos Aires

Itens como um baixo autografado por Paul McCartney e um desenho feito por John Lennon foram a leilão

EFE |

EFE
Fotografia com os autógrafos de John, Paul, George e Ringo foi leiloada por US$ 33 mil
Um leilão inédito na Argentina com objetos dos Beatles, incluindo um baixo autografado por Paul McCartney e um desenho feito por John Lennon, arrecadou US$ 500 mil, o equivalente a R$ 829 mil, e chegou algumas vezes a "triplicar" os preços de base, informaram os organizadores neste sábado.
Cerca de 500 pessoas, muitos deles colecionadores, lotaram na noite desta sexta-feira a sala de Buenos Aires onde foram vendidos 144 objetos, a maioria deles pertencentes à banda britânica, mas também uma bola de beisebol e um disco assinado por Sting, um disco de platina de Elvis Presley e uma guitarra do Kiss.

As peças, exibidas em uma mostra portenha encerrada na quinta-feira, pertenciam ao argentino Raúl Blisniuk, definido pelo livro "Guinness Book" em 1998 como o maior colecionador de objetos dos Beatles da América do Sul. Entre os objetos 'estrela' do evento, havia um baixo autografado por Paul, vendido por 140 mil pesos (US$ 35,5 mil) e um pequeno desenho à mão feito por John, comercializado por 50,5 mil pesos (US$ 12,8 mil).

A capa do "The White Album" de 1968, que mostra as fotografias de John Lennon, Paul McCartney, George Harrison e Ringo Starr com as assinaturas originais dos músicos, foi vendida por 130 mil pesos (US$ 33 mil), aproximadamente R$ 54 mil, bem acima da oferta inicial de 40 mil pesos (US$ 10.050).

Por outro lado, não houve ofertas para uma das curiosidades do leilão: uma réplica do Rolls-Royce "psicodélico" que pertenceu a John, pintado como o original, com vistosos e coloridos arabescos. "É que, em sua maioria, vieram colecionadores que buscavam peças genuínas. E o automóvel é uma réplica construída na Argentina", justificaram fontes do Banco Ciudad de Buenos Aires, organizador do evento.

EFE
Baixo autogrado por Paul McCartney era uma das estrelas do leilão, realizado em Buenos Aires
O leilão, realizado na sede central do banco, começou com a oferta de um pôster da banda britânica a 100 pesos (US$ 25,1), vendido por 900 pesos (US$ 226). "Em vários casos, praticamente triplicamos os preços de base dos objetos, e por isso atingimos as expectativas. Vieram compradores importantes", destacou à Efe o avaliador do banco, Carlos Rocha, durante o evento que arrecadou quase 2 milhões de pesos (US$ 500 mil). O preço inicial de todos os objetos somados era de US$ 300 mil.

"Tenho umas 10 mil peças dos Beatles. Faz uns 20 anos que tenho esses objetos e acho que é uma etapa terminada da minha vida", declarou à Efe Blisniuk, quem apresentou certificados das casas de leilões Christie's e Sotheby's para comprovar a autenticidade das peças. Todos os objetos oferecidos no leilão fazem parte de uma coleção dos Beatles exibida em Buenos Aires em 1996 e 2002. O colecionador não descarta organizar outro leilão similar no ano que vem, embora mais diversificado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG