BR Agora - Música - iG" /

NX Zero BR Agora

Diego Fernandes |

Por Diego Fernandes

As letras cometidas pelo NX Zero no decorrer do de seu terceiro disco, Agora , causam o efeito oposto do pretendido: todo otimismo, resignação e positividade destilados de modo soporífero causam legítimo desespero da alma, algum tipo de certeza de que a vida - mesmo a vida de conforto presumido dos integrantes da banda mais bem-sucedida do Brasil hoje - não pode ser tão rasa e desprovida de charme.

De ponta a ponta, Agora é um apocalipse açucarado ocorrendo em câmera lenta, onde todos os instrumentos parecem atuar em uma missão de nunca, jamais, criar nada com qualquer teor de originalidade. Não há picos a destacar, apenas um sombrio vale de sacarina e palavras grampeadas umas às outras com pouca ou nenhuma verve poética identificável, emolduradas em arranjos de cordas túrgidos, participações de rappers criminosamente ineptos e produção tão grandiosa quanto estéril (produção esta a cargo, tal como no sucesso de vendas NX Zero , do "midas" Rick Bonadio). Pode parecer injusto que grande parte do público que se compraz em ridicularizar emos não dispense lá muito tempo para ouvir e julgar com isenção o quinteto, mas por outro lado a banda é culpada de crime semelhante ¿ impossível acreditar que o vocalista Di Ferrero tenha realmente gasto qualquer tempo para escrever as letras aqui apresentadas. Exceto talvez no período de sua vida situado entre os 11 e 12 anos de idade.

O NX Zero soa pouco como um grupo, mas muito como um nicho de mercado ambulante, onde o "rock" é um simulacro reconfortante para adolescentes (e mesmo para alguns adultos de auto-estima rarefeita) que precisam ser reconfortados num nível bastante básico. Pensar que os perpetradores de tal sonoridade são ¿ tecnicamente falando ¿ adultos só faz o disco ainda mais despido de tudo aquilo que torna o ato de ouvir música interessante (carisma, urgência, espontaneidade, ou mesmo bom-senso). Poucas vezes cinqüenta minutos de "inofensiva música pop" foram tão indignos de atenção.

    Leia tudo sobre: nx zero

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG