Noruega cria curso sobre black metal para diplomatas estrangeiros

Segundo integrante do governo, o gênero musical é parte da indústria cultural do país

iG São Paulo |

nullO governo da Noruega começou a oferecer aulas sobre black metal para diplomatas residentes no país. De acordo com Kjersti Sommerset, do ministério do Exterior, os representantes de países estrangeiros têm sido questionados sobre o black metal enquanto um fenômeno.

"Em nosso programa de treinamento ensinamos elementos da cultura norueguesa e da indústria cultural. O black metal é, claramente, parte de um 'crescimento global'", disse em entrevista ao jornal "Dagens Næringsliv".

O black metal, ou "TNBM - True Norwegian Black Metal" (verdadeiro black metal norueguês, em tradução livre), como é conhecido no país, foi um gênero musical que surgiu e cresceu no começo dos anos 1990. Entre suas principais bandas estão Mayhem, Darkthrone, Burzum, Immortal and Emperor. É um gênero marcado pelos vocais gritados, a velocidade do andamento e as guitarras extremamente distorcidas.

O gênero causou controvérsia devido ao comportamento anti-cristão de muitos fãs, incluindo uma série de assassinatos e incêndios em igrejas entre 1992 e 1995. No entanto, desde então o black metal teve cada vez menos problemas. Recentemente a banda Dimmu Borgir tocou para 10 mil pessoas na Oslo Spektrum, em um show acompanhado por orquestra e um coro.

    Leia tudo sobre: noruegablack metal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG