Noel Gallagher ataca o Keane, defende o U2 e omite plágio

Redação iG Música |

Acordo Ortográfico

O guitarrista do Oasis, Noel Gallagher, criticou os membros da banda Keane pelos comentários feitos sobre seu novo álbum, Perfect Symmetry .

"Tom Chaplin (vocalista do Keane) não para de falar sobre seu desconforto enquanto fazia essa novo disco. Que diabos isso quer dizer? Por que qualquer pessoa ficaria desconfortável enquanto grava um álbum?", questionou o músico, completando com a afirmação de que "não importa que linha o Keane tome, o som sempre será uma
porcaria."

Mas como nem só de inimigos vive o Oasis, Noel aproveitou o momento para defender o vocalista do U2, Bono, que de acordo com ele tem sido mal interpretado pela mídia.

"Eu amo e sempre amei U2. E gostando você ou não, é impossível negar que eles tenham escrito músicas muito boas. Mas as pessoas parecem não aceitar que Bono é um cara sincero. Nessa época de cinismo, preferem acreditar que ele é um canalha. Mas ele não é."

Apesar de disparar opiniões para todos os lados, o músico não comentou a acusação de plágio na nova música "The Turning", que teria sido copiada da canção "Devil Woman", de Cliff Richard.

Compre músicas do Oasis

Leia mais sobre o Oasis

    Leia tudo sobre: noel gallagheroasis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG