Música sobre ex-gay em Sanremo gera protestos

Cantor Giuseppe Povia convidou artista plástico para decorar o palco

Agência Ansa |

O cantor italiano Giuseppe Povia convidou o artista plástico Alessandro Matta para ilustrar no palco do Festival de Música de Sanremo 2009 sua música "Luca era gay", polêmica por afirmar que a homossexualidade tem cura.

Em nota, a assessoria de imprensa afirma que Povia "permitiu que a história da canção fosse contada por meio de ilustrações realistas feitas pelo artista Alessandro Matta e inspiradas na música".

O comunicado também explica que "através desta canção, o cantor não examina o tema da homossexualidade, mas enfrenta o assunto contando a história real de uma pessoa com o nome fantasia Luca, descrevendo o importante, difícil e profundo percurso daqueles que viveram a mesma situação".

O texto diz que a música "realça a coragem de olhar para dentro e por o tema em discussão, como o primeiro passo para compreender a própria evolução interior".

A participação de Povia no festival, no entanto, tem gerado protestos na Itália. Na segunda-feira, associações de defesa dos direitos dos homossexuais marcaram para o próximo sábado uma manifestação em repúdio à sua música e participação no evento.

Povia é um dos destaques do Festival de Sanremo, que começa esta noite e vai até o próximo dia 21. Esta é a 59ª edição do festival, evento que é considerado uma das premiações mais reconhecidas do cenário musical mundial.

    Leia tudo sobre: música

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG