Morrissey compara massacre na Noruega ao McDonald's

Cantor britânico, conhecido pelo ativismo pró-vegetarianismo, fez comentário durante show na Polônia

iG São Paulo |

Getty Images
O cantor vegetariano Morrissey: comparação de massacre norueguês com ação de redes de lanchonetes
O cantor britânico Morrissey fez um comentário controverso durante sua apresentação em 24 de julho em Varsóvia, capital da Polônia. De acordo com relatos, o músico comparou o massacre ocorrido na Noruega a cadeias de fast-food.

"Todos vivemos num mundo assassino, e os eventos na Noruega provaram isso, com 97 mortos. Acho que isso não é nada comparado ao que acontece no McDonald's e Kentucky Fried Chicken", teria dito o inglês antes de cantar o hit "Meat Is Murder" ("carne é assassinato", em português).

O porta-voz de Morrissey, cujo ativismo pró-vegetarianismo fez com que abandonasse em 2009 sua apresentação no festival de Coachella, na Califórnia, depois de sentir o cheiro de churrascos, disse que ele decidiu não comentar nada a respeito do ocorrido, afirmando que sua declaração fala por si.

Tudo sobre o massacre ocorrido na Noruega

    Leia tudo sobre: morrissey

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG