Moraes Moreira relembra Novos Baianos em SP

Cantor comemora 40 anos de carreira em show com seus maiores sucessos

Redação iG Música |

Em 2009, Moraes Moreira comemora quatro décadas de carreira. Na verdade, não só ele: a contagem começa com o disco É Ferro na Boneca , estreia dos Novos Baianos, lançado no distante ano de 1969. A versão do cantor para a trajetória do grupo saiu no ano passado, no livro A História dos Novos Baianos e Outros Versos, uma mistura de poesia e literatura de cordel. Não suficiente, o projeto gerou um DVD e álbum ao vivo e agora chega a São Paulo, onde será apresentado de sexta (13) a domingo no Teatro Fecap.

Em entrevista ao iG , Moraes revelou que o show, na verdade, é uma espécie de pré-estreia da turnê de lançamento do CD/DVD, que deve acontecer a partir de abril. No palco, ele atua como mestre-de-cerimônias, intercalando episódios do livro ¿ a vida em comunidade, a visita de João Gilberto ¿ com sucessos dos Novos Baianos. No repertório, músicas como Ferro na Boneca, Colégio de Aplicação, Mistério do Planeta, A Menina Dança e Preta Pretinha, que praticamente fazem parte do inconsciente coletivo do país.

Na sequência, uma pequena improvisação em voz e violão faz o meio de campo para a segunda parte do espetáculo, dedicada à carreira solo de Moraes. Estão lá Lá vem o Brasil Descendo a Ladeira, Pombo Correio, Festa do Interior e Meninas do Brasil, culminando em uma espécie de coletânea apresentada ao vivo.

Apesar do clima de festa, os outros integrantes dos Novos Baianos ¿ Pepeu Gomes, Baby do Brasil, Paulinho Boca de Cantor e Galvão ¿ não foram convidados. O motivo, segundo Moraes, era não passar a impressão errada. A presença deles daria um tom de volta, que não é o caso. Estou tentando passar minha visão, minha fotografia, do que foi aquela época, explicou. Só quem divide isso comigo é Davi Moraes, a segunda geração dos Novos Baianos, disse, se referindo ao filho.

Mas a comemoração pelos 40 anos de carreira não para por aí. Contaminado pela febre da literatura, Moraes prepara mais um livro, batizado de Sonhos Elétricos, para contar a história dos trios elétricos, os quais ajudou a revolucionar, chegando até o formato atual. Em 2010, se completa 60 anos da criação dos trios, e quero fazer uma homenagem a Dodô e Osmar, revelou. Escrever para mim virou uma coisa diária, estou adorando.

Além disso, a partir do segundo semestre o diretor Régis Farias vai conduzir um documentário sobre a vida de Moraes. As filmagens vão começar em Ituaçu, cidade-natal do músico, no interior da Bahia, e devem viajar pelo país, acompanhando a turnê do CD/DVD. Alegre, Moraes não esconde a satisfação com a novidade. São 40 anos! Se é para comemorar, vamos comemorar direito.

Serviço ¿ Moraes Moreira em São Paulo
Teatro Fecap
Sexta (13) e sábado, às 21h; domingo, às 18h
R$ 30, à venda na bilheteria ou pela internet
Informações: (11) 2198-7719

    Leia tudo sobre: moraes moreiranovos baianos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG