"Minhas lágrimas nunca secarão", diz ex-marido de Amy Winehouse

Blake Fielder-Civil, que está preso por roubo, ficou chocado ao saber da morte da cantora

iG São Paulo |

Blake Fielder-Civil, ex-marido de Amy Winehouse , caiu em prantos ao saber da morte da cantora na prisão de Leeds, onde se encontra detido por roubo, de acordo com o tablóide britânico The Sun. "Estou inconsolável, minhas lágrimas nunca secarão", disse.

Siga o iG Cultura no Twitter

Fielder-Civil soube da morte de Winehouse no sábado (23) e, de acordo com o The Sun, passou a noite em claro. "Nunca mais sentirei o amor que tive por ela. Quem nos conhecia sabia da profundidade de nossos sentimentos", afirmou neste domingo.

A atual namorada de Fielder-Civil, Sarah Aspin, fez uma visita à prisão após a morte de Winehouse. "Ele está desolado e não consegue acreditar que ela se foi", disse Aspin, que acaba de dar a luz um filho do namorado. "Blake é o pai de meu filho, mas eu o vi com Amy e sei que eles eram como almas-gêmeas", declarou.

Winehouse e Fielder-Civil começaram seu turbulento relacionamento em 2005. Boa parte das canções do segundo álbum da cantora, o sucesso "Back To Black", foram escritas sobre a vida amorosa do casal.

Os dois se casaram em maio de 2007. O casamento durou dois anos e foi responsável por diversos escândalos na imprensa britânica. As brigas entre os dois e o abuso de drogas ocuparam as páginas dos tablóides britânicos durante os dois anos da união.

Fielder-Civil chegou a admitir em uma entrevista ao News of the World que foi o responsável por apresentar o crack e a heroína a Winehouse. Em agosto de 2009 o casal se divorciou.

Acesse o especial Amy Winehouse

    Leia tudo sobre: amy winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG