Hannah Montana pode até ser o maior fenômeno de Hollywood no momento ¿ maior mesmo que Batman e Brangelina. Porém, a garota que realmente fascina o público não é Hannah, e sim Miley Cyrus.

A garota de 15 anos que representa a franquia bilionária da Disney não é mais uma estrela restrita ao universo pré-adolescente: ela vem despertando a curiosidade também daqueles que folheiam revistas como Seventeen, US Weekly e Vanity Fair (mais sobre esse tema a seguir). Embora Hannah ainda seja uma parte importante de Miley, não é só isso que define a cantora e atriz. E isto pode ser visto claramente no lançamento do mais novo trabalho de Miley, o álbum Breakout , que chegou às lojas nesta semana. Embora Miley já tenha vendido milhões de álbuns, isto sempre foi vinculado ao nome Hannah Montana (como no álbum de 2006, chamado Hannah Montana , e no de 2007, Hannah Montana 2: Meet Miley Cyrus ).

Mas o novo CD não traz nenhuma peruca loira na capa. Pelo contrário, o novo trabalho traz um som mais maduro, que já está alcançando um público mais velho. O primeiro single do CD, chamado 7 Things, é o número 9 na lista dos 100 mais tocados na Billboard, sinalizando seu maior sucesso já obtido ao transpor as fronteiras do público da Rádio Disney.

É ótimo ouvir sua música nessas emissoras, poder curti-la no seu carro sem planejar, poder ouvi-la em um canal que não é destinado às crianças, disse Miley, que parece ter dez anos a mais com sua voz penetrante e atitude segura. Estou tornando meu trabalho mais divertido e aguçado, e também conseguindo me desvincular da coisa de Hannah Montana ¿ não de uma maneira na qual estou me esquecendo dela completamente, mas, à medida que meus fãs forem crescendo, e eu for crescendo também, vou firmando minha própria pessoa.

Esta coisa de Hannah Montana descrita por Miley Cyrus é familiar para milhões de crianças e também adultos. Um filme está previsto para o próximo ano, a terceira temporada do programa de TV começará a ser filmada dentro de duas semanas e o DVD da turnê de sucesso "Hannah Montana/Miley Cyrus: Best of Both Worlds", finalizada no início deste ano, certamente irá figurar nas paradas de sucesso quando for lançado ainda neste verão do hemisfério norte.

Próxima Britney ou Lindsay?

Entretanto, já está provado que seguir sua trilha de celebridade fora do confinamento da famosa personagem não é tarefa fácil. Com os exemplos épicos de mau comportamento dados por fenômenos adolescentes anteriores - como Lindsay Lohan e Britney Spears - e o escândalo da foto nua da estrela do High School Musical, Vanessa Hudgens, os tablóides estão ansiosos para documentar a implosão de Miley.

Os primeiros sinais de preocupação surgiram em forma de fotos pessoais que chegaram à internet, mostrando a atriz vestida de maneira provocante (mas não obscena) e causando burburinho no universo dos blogs. Um alvoroço ainda maior surgiu em abril deste ano, quando a revista americana Vanity Fair publicou uma foto de Miley enrolada em um lençol, mostrando as costas e os ombros nus. A foto causou tanta polêmica quanto a crônica do jornal New York Times sobre a controvérsia. Miley e seu pai, a estrela da música country Ray Cirus, disseram se lastimar em relação ao resultado das fotos. Os dois também afirmaram que Miley não estava de dorso nu, como sugeria a foto da renomada Annie Leibovitz.

Mas Miley aprendeu que não precisa nem mesmo de mostrar um ombro para causar um escândalo ¿ como aconteceu quando revelou em uma entrevista no início do mês que o seriado Sex and the City era um de seus programas favoritos. Isto simplesmente assustou as pessoas por causa da palavra sex no título do seriado, entendeu o que estou dizendo?, disse Miley, rejeitando as críticas. Se este é o tema do programa isto não significa que estou fazendo isso... você não se torna o personagem que está assistindo de uma hora para outra, ela completou (embora lembrasse muito a personagem Carrie Bradshaw, em um vestido longo azul bem fluido, os cabelos caindo sobre os ombros em cascatas e uma bolsa Chanel a seu lado). 

Embora admita que tenha cometido alguns erros, ela também sente que a indiscrição da mídia muitas vezes tem sido imperdoável ¿ e um pouco resistente em ver que ela não é mais criança. É meio difícil deixar alguém que começou tão cedo amadurecer, explica Miley, que tinha apenas 13 anos quando estreou no papel. Basta perceber que as pessoas cometem erros e que isto faz com que se tornem até um pouco mais acessíveis.

Jon Lind, empresário da Hollywood Records, que trabalhou com Miley em seu último CD, afirma que tal indiscrição simplesmente faz parte do mundo dos tablóides de hoje. Não acho que ela tenha feito nada de tão errado assim, porém acho que ela está sendo perseguida por um monte de gente que vende um monte de revistas, querendo torná-la a próxima sei lá quem, e não acho isto justo ¿ a meu ver, ela não é a próxima sei lá quem, disse o executivo.  

Ele completou que percebeu um amadurecimento significativo da cantora desde o último ano. Faz uma diferença extraordinária na vida de um adolescente ter 14 ou 15 anos ¿ é como na idade dos cães.

Música para adultos

Grande parte deste amadurecimento está refletida em seu CD. Mesmo tendo co-escrito grande parte das canções de Meet Miley Cyrus , seus trabalhos do álbum Breakout têm um tom mais pesado, abordando temas como o meio-ambiente, rupturas e relacionamentos. Ela sempre alcançou o público adulto, pois sempre alcançou as mães. Só agora as rádios começaram a se dar conta disso, disse Sean Ross, da empresa Edison Media Research, que mede o alcance da indústria radiofônica. A canção 7 Things tem alguma coisa de Avril Lavigne: soa como música para adultos.

Tem muita gente que necessariamente não gostaria de comprar ou ouvir um CD de Hannah Montana devido a uma predisposição ao personagem de TV da Disney, disse Lind. Mas, se o CD for escutado como o trabalho de um artista - a qualidade de sua voz, de suas letras e da produção - esperamos que seja levado a sério por um público musical mais velho.

Espero me tornar um pouco mais respeitada como compositora, disse Miley. Quero que me respeitem e que saibam que tenho muito a dizer, tenho muito a oferecer ao mundo através das experiências de minha vida. Ela também espera mostrar mais sobre essas experiências de vida em sua atuação. E quer fazer alguns filmes independentes, com papéis fortes. Quero, sim, mostrar um pouco mais do que posso fazer, e também algumas situações diferentes... gostaria de fazer algo um pouco mais profundo.

Ela espera até mesmo incrementar um pouco mais a nova temporada de Hannah. Tem algumas coisas que quero reinventar no visual, não quero tudo brilhante e cheio de borboletas, sabe? Algumas estrelas, e um toque meio rocknroll, disse ela. Eu realmente queria amadurecer um pouco. Mas antes que alguém tema que ela esteja amadurecendo demais, ela é rápida em destacar que isto não a afasta de Hannah.

Provavelmente não vou mais sair em turnê como Hannah Montana... Acho que essa fase já passou para mim. Mas, definitivamente, quero continuar a fazer o programa. Adoro fazer isso, ainda não quero abandoná-lo.

Leia mais sobre Miley Cyrus .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.