Mika fala sobre o início de sua carreira

Cantor diz que entrou para o mundo da música para não ter medo dos outros

EFE |

Getty Images
O cantor Mika: adolescência "bastante difícil"
O cantor britânico de origem libanesa Mika admitiu hoje que começou a compor músicas "para criar outro universo onde não teria medo dos outros", algo que atribuiu a uma adolescência "bastante difícil".

Em entrevista coletiva antes de seu show no festival Mawazine de Rabat, no Marrocos, Mika exibiu seu lado mais vulnerável e reconheceu que, quando adolescente, às vezes tinha vontade de se machucar. "Queria apenas que alguém me ajudasse".

Michael Holbrook Penniman Jr, nome real de Mika, revelou que uma das coisas mais embaraçosas para ele seria ficar sem roupa em público, algo que propôs como castigo para seus inimigos. "Se eu fosse um super-herói e pudesse escolher um superpoder, escolheria ser capaz de parar o tempo, e assim desfrutar mais de um momento ou tirar a roupa de alguém que me odeie para envergonhá-lo", disse.

Autor de sucessos como "Relax, Take it easy" e "Grace Kelly", Mika rejeitou rótulos de orientação sexual. "Posso me apaixonar por qualquer pessoa, não importa se for homem ou mulher".

    Leia tudo sobre: Mika

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG