Michael Rother traz seus experimentos a São Paulo

Músico alemão, um dos fundadores do Neu!, tocou nesta terça-feira no Sesc Vila Mariana

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Augusto Gomes
Michael Rother durante show do Hallogallo 2010 em São Paulo
Poucos dias depois de receber Paul McCartney e Lou Reed, uma outra lenda viva do rock passou por São Paulo. Seu nome, Michael Rother. Quem? Seu nome, realmente, está longe de ser tão conhecido quanto McCartney ou mesmo Reed, mas seu papel na música pop do século 20 foi fundamental. Rother formou, junto com Klaus Dinger (ambos se conheceram quanto integraram uma das primeiras encarnações do Kraftwerk), a banda Neu!, um dos precursores tanto da música eletrônica quanto do punk.

A dupla lançou três obras-primas entre 1972 e 1975 e, depois disso, Rother formou o Harmonia com integrantes de outro grande nome do rock experimental alemão, o Cluster. Nenhuma dessas bandas teve grande sucesso de público, mas sua influência na música feita nos anos seguintes foi indiscutível. O público brasileiro teve a rara chance de presenciar um rápido retrospecto dessa trajetória nesta terça feira, num show do Sesc Vila Mariana.

Rother trouxe ao Brasil seu novo projeto, o Hallogallo 2010 (O nome vem de uma das músicas mais famosas do Neu!). No palco, ele está acompanhado do baterista Steve Shelley (ele mesmo, o responsável pelas baquetas do Sonic Youth) e o baixista Aaron Mullan (da obscura banda Tall Firs) - Klaus Dinger morreu em 2008. Enquanto os dois criam uma base ora pesada e pulsante, ora esparsa e climática, Rother promove infinitas distorções com sua guitarra e diversos apetrechos eletrônicos.

Augusto Gomes
O baterista Steve Shelley
O show começou e terminou com canções do Neu! ("Hallogallo" e "Negativland", do primeiro álbum do grupo). No meio, uma música do Harmonia, "De Luxe", e várias canções de sua carreira solo. Rother passou o tempo todo meio escondido atrás de uma mesa cheia de aparelhos eletrônicos, de onde o público mal podia ver sua guitarra. Na maior parte do tempo, mal olhava para a plateia. Mas, na metade final do show, foi ao microfone agradecer os aplausos e apresentar a banda.

Antes de tocar em São Paulo, Rother e companhia já havia se apresentado no festival Eletronika, em Belo Horizonte. O show na capital paulista fez parte da Mostra Sesc de Artes, que vai até domingo e ainda vai receber, neste final de semana, um dos grandes nomes da história do jazz, o saxofonista Ornette Coleman.

    Leia tudo sobre: Hallogallo 2010Michael RotherSteve Shelley

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG