Michael Jackson lidera paradas pela 3ª semana

Tributo ao cantor provou ser bom negócio e catapultou vendas nos EUA

Reuters |

O tributo a Michael Jackson mostrou ser bom negócio, pois desencadeou um frenesi por sua música que colocou o rei do pop no topo das paradas desde sua repentina morte três semanas atrás.

O catálogo de álbuns solo de Jackson vendeu 1,1 milhão de cópias nos Estados Unidos no fim de semana encerrado no dia 12 e a coletânea de seus maiores sucessos, Number Ones , foi o álbum mais vendido pela terceira semana seguida, informou a Nielsen SoundScan nesta quarta-feira.

Noventa por cento das vendas foram de CDs, e não de downloads pela Internet. O Gloved One registrou 1,9 milhão de downloads de músicas solo do cantor na semana passada.

O maior número de vendas ocorreu nos dias que se seguiram ao tributo de duas horas a Jackson, que foi televisionado ao vivo do Staples Center, em Los Angeles, na terça-feira e reuniu vários astros recordistas de vendas cantando músicas em homenagem a ele.

As vendas de seus álbuns na última semana aumentaram 37 por cento em relação à semana anterior, quando haviam sido vendidos 800 mil  álbuns ¿ número que, por sua vez, fora quase o dobro da semana após a morte de Jackson ¿ apenas três dias depois da morte dele, em 25 de junho, venda de 422 mil cópias.

Em comparação, todo o catálogo de Jackson vendera menos de 10 mil álbuns na semana antes de sua morte e a última vez em que ele estivera à frente das paradas tinha sido em 2001, com o último lançamento de sua carreira, Invincible , que chegou ao topo com 366 mil cópias vendidas.

As vendas póstumas de álbuns de Jackson totalizam agora 2,3 milhões de cópias, lideradas por Number Ones , o primeiro álbum de coletânea da história da SoundScan a superar um lançamento, façanha alcançada por três semanas seguidas.

Number Ones vendeu 349 mil cópias na última semana, ofuscando Maxwell, o astro do R&B, e a música "Blacksummer's Night", a número 1 na parada de novos lançamentos da Billboard 200, com 316 mil unidades vendidas, segundo a Nielsen SoundScan.

Na realidade, Jackson teve seis dos dez mais vendidos na última semana, incluindo seu campeão de vendas Thriller , de 1982, The Essential Michael Jackson , Off the Wall , Bad e Dangerous . Todos registraram forte aumento de vendas em relação à semana anterior.

A venda total de Number Ones agora chega a 2,6 milhões de cópias desde o lançamento em November de 2003, o que o posiciona como o oitavo álbum mais vendido este ano. Se as vendas continuarem robustas até o fim do ano, ele pode derrubar o reinado do número 1, Fearless , de Taylor Swift.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG