Michael Jackson beneficia McCartney em testamento

Testamento do astro prevê a devolução dos direitos das faixas dos Beatles a Sir Paul

Redação iG Música |

Apesar de Michael Jackson recentemente ter negado estar com problemas de saúde, o testamento do músico parece ter vindo à público. De acordo com a imprensa britânica, o astro pretende deixar sua parte do catálogo dos Beatles para Paul McCartney, numa tentativa de fazer as pazes com o amigo.

A dupla entrou em conflito em 1985, quando Jackson se intrometeu na operação de compra dos direitos das músicas do quarteto de Liverpool, liderada por McCartney e Yoko Ono. O rei do pop venceu a disputa e desde então Paul e Michael não se falaram mais.

Em dificuldades financeiras, Jackson já vendeu boa parte das músicas para a Sony, mas o saldo dos direitos ainda rende cerca de 60 milhões de dólares anuais.

Em dezembro, o autor de uma biografia não-autorizada do astro, Ian Halperin, afirmou que ele sofria de uma doença degenerativa e que, por isso, já teria perdido 95% da visão do olho esquerdo e precisava urgentemente de um transplante de pulmão.

As informações foram negadas pelo porta-voz do cantor, que, além de confirmar a boa saúde de Michael, garantiu que ele está em tratativas para iniciar uma nova turnê mundial e uma série de aparições na tevê.

    Leia tudo sobre: michael jacksonpaul mccartney

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG