Mercado Livre retira ofertas de venda de ingressos do Rock in Rio

Site enviou comunicado oficial afirmando que a comercialização de entradas com ágio fere as regras da plataforma

Vicente Seda, iG Rio de Janeiro |

Após reportagem publicada pelo iG nesta quarta-feira mostrando a venda com ágio de até 426% de ingressos para o Rock in Rio , o Mercado Livre emitiu comunicado informando que os anúncios mencionados no site foram retirados do ar. De acordo com a assessoria da empresa, que permite o anúncio de produtos com cobrança de comissão por vendas, a venda dos bilhetes a preços considerados abusivos está em desacordo com as condições de uso da plataforma.

No Mercado Livre, podia-se encontrar anúncios de ingressos sendo vendidos a até R$ 1.000 - nas bilheterias oficiais, custavam R$ 190, e já estão esgotados.

O comunicado diz também que os usuários que publicaram os anúncios poderão ter seus cadastros cancelados, mas as medidas serão analisadas caso a caso, como informa a assessoria do site:

“Ao se cadastrar no site, todo usuário se compromete a aderir e respeitar os Termos e Condições de Uso Geral, bem como a legislação pertinente, sendo que o não cumprimento pode resultar na interrupção da transação, aplicação de advertências, suspensões ou cancelamento da sua conta. O Mercado Livre adota uma postura pró-ativa de combate à venda de ingressos para espetáculos, shows, jogos esportivos e outros eventos por valores acima de seus preços oficiais. A empresa dispõe de recursos de software e uma equipe de prevenção que atua mediante denúncias, retirando tais produtos e usuários infratores prontamente, caso seja comprovado que os mesmos atuam em desacordo com o a lei ou aos Termos e Condições do Mercado Livre”.

A empresa informou ainda que “qualquer pessoa pode realizar uma denúncia quando verificar que um usuário está agindo contra os Termos e Condições de uso do MercadoLivre.com ou oferecendo à comunidade qualquer dano aparente ou não. Basta clicar no link ‘Denunciar’ existente em todos os anúncios publicados na plataforma”.

    Leia tudo sobre: Rock in Riomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG