Membro do Hot Chip é enquadrado pela polícia no Rio de Janeiro

Al Doyle estava atrás de CDs de funk perto da favela da Rocinha

iG São Paulo |

Jorge Rosenberg, especial para o iG
Al Doyle, do Hot Chip
Um dos integrantes do Hot Chip, Al Doyle, foi enquadrado pela polícia do Rio de Janeiro enquanto procurava CDs de funk carioca nas proximidades da favela da Rocinha. Pelo menos foi essa a história que o músico contou no perfil da banda no twitter.

"Acabei sendo revistado pela polícia num mercado perto da favela da Rocinha. Eles não acreditaram que eu estava procurando CDs de baile funk", escreveu.

Pouco antes, ele havia contado vantagem por estar na cidade ("Estou em Copacabana, no Rio. Sim, é meu trabalho. Sim, sou muito sortudo") e pedido dicas de coisas para fazer além de ir à praia.

O Hot Chip veio ao Brasil no final do ano passado, quando tocou num festival em São Paulo.

Veja aqui o twitter do Hot Chip .

    Leia tudo sobre: Hot Chip

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG