Médicos proíbem viagem de Robin Gibb ao Brasil

Cantor se sentiu mal no domingo, pouco antes de embarcar para o país

iG São Paulo |

Divulgação
Robin Gibb
Robin Gibb, um dos fundadores dos Bee Gees, foi proibido por seus médicos de viajar para o Brasil. Com isso, os shows que o cantor faria em São Paulo essa semana foram adiados. O cantor sentiu-se mal no último domingo, pouco antes de embarcar para o país. Por causa disso, as apresentações em Curitiba e Porto Alegre já haviam sido adiadas.

Segundo comunicado divulgado pelos organizadores da turnê do cantor pelo país, os médicos Charles Chubb e Milton Maltz proibiram que o artista viajasse pelo menos até a próxima segunda-feira, quando farão uma nova avaliação do estado de saúde do músico.

Gibb passou por uma cirurgia no intestino no final do ano passado, após sentir dores na região durante uma temporada de shows na Bélgica. "Não temos certeza do que há de errado com ele neste momento e estamos preocupados", disse o porta-voz do cantor, de acordo com o site da BBC. O irmão do cantor, Maurice, morreu em 2003 devido a problemas no intestino.


Veja abaixo a íntegra do comunicado divulgado pela produção dos shows de Gibb no Brasil

"Em reunião hoje com os médicos responsáveis pelo acompanhamento da evolução do estado de saúde do cantor Robin Gibb, doutores Charles Chubb e Milton Maltz, mesmo o cantor insistindo que desejava viajar de imediato, os mesmos informaram que apesar da melhora, somente poderão decidir definitivamente na próxima segunda feira pois alguns exames ainda estão em andamento.

Assim, permanecem as esperanças e as datas confirmadas de 15 de abril em Brasilia, 16 de Abril em Cuiaba, 19 de abril em Curitiba e 20 de abril em Porto Alegre. Estamos negociando com o artista novas datas para a realização dos shows na cidade de São Paulo, que também devem ser anunciadas na próxima segunda-feira.

Permanecem os procedimentos: para aqueles que compraram os ingressos, a faculdade de ficarem com os mesmos válidos para a nova data; ou pedir o reembolso nos mesmos postos de venda onde compraram. Pelas reuniões que realizamos nota-se que o artista quer trabalhar e superar esta crise, mas os médicos pessoais do cantor Robin Gibb, cautelarmente. estão adiando a liberação para volta as atividades artísticas."

    Leia tudo sobre: Robin Gibb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG