Médico seria pai biológico de filhos de Jackson

Revelação foi feita pela revista americana US Weekly

EFE |

O cantor americano Michael Jackson, que morreu na quinta-feira passada, não é o pai biológico de seus dois filhos mais velhos, Prince Michael, de 12 anos, e Paris Michael, de 11 anos.

Segundo a revista "US Weekly", o verdadeiro pai das crianças é Arnold Klein, o dermatologista que cuidava do artista numa clínica de Los Angeles Era para Klein que trabalhava Debbie Rowe, a enfermeira que foi casada com Michael de 1996 a 1999 e que deu à luz a Prince e Paris.

"Ele é o pai. Ele e Debbie assinaram um acordo dizendo que nunca revelariam a verdade", escreveu a revista, que diz ter confirmado a informação com várias fontes.

Em 2002, Rowe admitiu que suas duas gestações tinham sido um favor pessoal feito a Michael. Mas ela nunca comentou se teve ou não relações sexuais com o músico.

"Disse: 'Vamos fazer isto. Você precisa ser pai e foi muito bom comigo", declarou a enfermeira na época.

A falta de vínculo biológico entre Michael e seus filhos seria extensível ao terceiro deles, Prince Michael II, de 7 anos.

De acordo com o site "TMZ.com", o mais novo dos herdeiros do artista foi encomendado a uma mãe de aluguel de identidade desconhecida.

A página disse ainda que os filhos mais velhos do cantor também não tem parentesco nenhum com Rowe.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG