Marcelo Camelo inicia turnê em São Paulo em clima de ensaio

Show de lançamento do álbum "Toque Dela" teve a participação improvisada de Vanessa da Mata

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Jorge Rosenberg, especial para o iG
Marcelo Camelo se apresenta no Sesc Pompeia
"Não é uma desculpa. É que a gente ainda está se encontrando". A frase, dita por Marcelo Camelo quase no final de seu show desta quinta-feira ( veja imagens no Fotoshow ) no Sesc Pompeia, em São Paulo, foi uma justificativa ao público para alguns dos erros que aconteceram durante a apresentação. Afinal, era a primeira performance da turnê de seu novo álbum, "Toque Dela", lançado há menos de um mês. Por isso, não foi surpresa que o show tenha sido um tanto nervoso, travado. "Está dando para ouvir tudo certo?", perguntou o cantor, preocupado com o som.

Jorge Rosenberg, especial para o iG
Vanessa da Mata e Marcelo Camelo
Ainda bem que, à medida que a apresentação seguia, Camelo foi se soltando. Tanto que, no bis, até convidou a cantora Vanessa da Mata, que estava na plateia, para uma participação especial. Os dois cantaram, de improviso, "Samba a Dois", uma das poucas canções dos Los Hermanos da noite. Outro momento não previsto no roteiro foi um segundo bis. Camelo voltou ao palco sozinho e pediu sugestões ao público do que cantar. "Essa não, é muito rock. Não funciona comigo sozinho. Vou escolher uma eu mesmo", brincou. Acabou cantando "Pois É", também da banda que o revelou.

O restante do repertório foi baseado em seus dois discos solo, "Sou" (2008) e o recém-lançado "Toque Dela". O cantor abriu a noite com três faixas do novo álbum: "A Noite", "Ô Ô" e "Tudo o Que Você Quiser". "Estou feliz em começar a turnê por essa cidade que me abrigou nos últimos dois anos", disse Camelo, afagando o público paulistano. Boa parte da plateia, no entanto, olhava o show com desconfiança, já que não conhecia as novas canções. Os aplausos mais entusiasmados só vieram com "Menina Bordada", um dos sucessos de "Sou".

Jorge Rosenberg, especial para o iG
Marcelo Camelo
No palco, Camelo tentava animar. Disse que tinha decidido se apresentar em lugares onde o público ficasse de pé justamente para que todos pudessem dançar. "Por favor, não me decepcionem", pediu. Mas quem parecia decepcionado era o público, claramente mais sedento por músicas dos Los Hermanos do que Camelo estava disposto a cantar. O show deixou claro que ele não quer saber da (ex?) banda. "Por mim, tocaria mais músicas, mas eu só tenho dois álbuns", disse a certo momento da noite, ignorando os quatro que gravou com o grupo.

Além das improvisadas "Samba a Dois" e "Pois É", somente mais duas canções dos Los Hermanos entraram no repertório: "A Outra" e "Morena", tocadas em seguida. Foi o momento em que a plateia mais se exaltou. Dos seus trabalhos solo, a que mais animou foi "Copacabana", já no bis. Foi só nessa hora que o público atendeu ao pedido do cantor e dançou de verdade.

A série de apresentações no Sesc Pompeia vai até domingo. Os ingressos para todos os shows estão esgotados. Na sexta e no sábado, a apresentação começa às 21h30. No domingo, às 18h. Depois de cantar em São Paulo, Camelo segue para Juiz de Fora, Rio de Janeiro, Pelotas, Porto Alegre e Curitiba. No final de maio, volta a São Paulo, para um show no CEU Campo Limpo.

Veja abaixo o repertório do show:

01. "A Noite"
02. "Ô Ô"
03. "Tudo o que Você Quiser"
04. "Menina Bordada"
05. "Mais Tarde"
06. "Doce Solidão"
07. "Janta"
08. "Liberdade"
09. "Tudo Passa"
10. "Vermelho"
11. "Pra te Acalmar"
12. "A Outra"
13. "Morena"
14. "Pretinha"
15. "Vida Doce"
16. "Três Dias"

Bis 1

17. "Samba a Dois"
18. "Acostumar"
19. "Copacabana"

Bis 2

20. "Pois É"

    Leia tudo sobre: Marcelo Camelo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG