Mais livre, Zélia Duncan leva nova turnê a SP

Cantora se apresenta neste final de semana no Citibank Hall

Augusto Gomes |

Zélia Duncan está de álbum e turnê novos. Depois de um longo período dedicado a parcerias (no final de 2006, assumiu os vocais dos Mutantes numa longa turnê mundial; em seguida, gravou um álbum e fez shows ao lado de Simone), ela retorna com um trabalho solo, o elogiado  Pelo Sabor do Gesto .

O disco foi produzido por Beto Villares e John Ulhoa, do Pato Fu. Traz composições de Zélia em parceria com o próprio Ulhoa ("Tudo Sobre Você", primeira música de trabalho), Marcelo Jeneci ("Todos os Verbos") e Zeca Baleiro ("Se um Dia Me Quiseres"), mais canções de Rita Lee ("Ambição") e Itamar Assumpção ("Duas Namoradas").

Outro destaque são versões em português de duas músicas do filme francês "Canções de Amor". "Eu fiquei impactada pelo filme e pela trilha. Um tempo depois consegui as canções e comecei a ouvir, até que me veio a vontade irresistível de ter duas delas comigo", conta Zélia, em entrevista ao iG Música .

"As editoras não se entendiam, pois o encarregado francês era bem escorregadio. Então eu mesma mandei uma mensagem pro Alex ( Beaupain, compositor da trilha sonora do longa ) e a coisa toda andou", completa. "As-Tu Déjà Aimé?" virou "Pelo Sabor do Gesto", e "De Bonnes Raisons" se transformou em "As Boas Razões".

A turnê do novo álbum, seu primeiro trabalho solo desde Pré Pós Tudo Bossa Band , de 2005, estreou no início do mês em Niteroi, cidade natal da artista. "Foi uma delícia", diz Zélia, referindo-se à apresentação no Teatro Municipal da cidade. "Foi uma estréia extremamente carinhosa, um começo muito positivo".

Nessa volta desacompanhada aos palcos, a cantora é só elogios tanto a Simone quanto aos Mutantes. Quando perguntada sobre a influência de ambos em seu trabalho, ela responde: "acho que o maior saldo é minha liberdade ainda maior, me sinto muito livre pra fazer o que quiser. Essas duas experiências estão entre as melhores da minha vida".

O show chega a São Paulo neste final de semana. Serão duas apresentações no Citibank Hall, na sexta e no sábado. Todas as quatorze faixas de Pelo Sabor do Gesto estão no repertório. "'Telhados de Paris' e 'Tudo Sobre Você' estão chegando com força!", conta, referindo-se às favoritas do público nas apresentações.

Além das novidades, a apresentação ainda inclui algumas surpresas. Caso, por exemplo, de "I Love You", obscura canção que Roberto Carlos lançou em 1971. Uma referência aos cinquenta anos de carreira do Rei? "Pensei nisso quando a Ana Beatriz me sugeriu uma pequena homenagem ao rei, já com o disco pronto", explica.

A Ana Beatriz a que Zélia se refere é a atriz Ana Beatriz Nogueira, diretora do espetáculo. "Ela tem um talento incrível para fazer as coisas acontecerem", elogia. "Contribuiu imensamente até com a música propriamente dita, pois estamos todos muito estimulados por suas idéias", diz.

Depois de passar por São Paulo, a turnê segue para o Rio de Janeiro, onde Zélia se no final de agosto. Por enquanto, ainda não há planos de transformar o show num CD ou DVD ao vivo. "É muito cedo pra falar disso", finaliza, rindo.

    Leia tudo sobre: zélia duncan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG