Agora, é ¿nóis¿ no iPod, diz o boxeador que deixa os ringues pelos palcos

O lutador Adilson Maguila Rodrigues, o ex-número 2 do ranking mundial de boxe - na década de 80 - e segundo colocado no quadro Fora do Ninho do programa Raul Gil (perdeu o 1º lugar e o prêmio que seria um carro para a apresentadora Luize Altenhofen), foi convidado pelo filho do apresentador, Raulzinho, a gravar um CD cantando músicas de seus ídolos. Sempre cantei em roda de samba com os amigos, mas nunca imaginei que ia gravar um CD. Agora, é nóis no iPod. Não é assim que fala?, comenta Maguila.

O lutador, que completa 51 anos em julho, disse que o disco será em homenagem a Bezerra da Silva, morto em 17 de janeiro de 2005. Vai ter três músicas dele, duas do Zeca Pagodinho, uma do Jorginho do Império, uma do Jorge Aragão e o resto de inéditas. Essa aí, 'Vida de Campeão', eu nem sei quem fez, aponta, com a ingenuidade que sempre o acompanhou.

Raulzinho responde: Foi o Paulinho Levi, que fez sucessos compondo músicas do É o Tchan. Mandamos a música para as rádios de todo o Brasil e acabou virando essa loucura. Todo mundo ficou impressionado com o Maguila cantando.

De acordo com Raulzinho, que já trabalhou com cantores profissionais e disse ter ficado impressionado com Maguila, o álbum deve ser lançado daqui a dois meses. "Queremos primeiro que as pessoas levem a sério essa nova carreira dele.

Querido por todos, dentro e fora dos ringues, Maguila acredita que vai ser festejado também em cima dos palcos. Só vou dar porrada em quem comprar pirata, brinca. O motivo para a braveza não é apenas a dor no bolso. As vendas do CD e 10% da arrecadação dos shows serão revertidas para o projeto Amanhã Melhor, que cuida de 280 crianças na Vila Olímpica Mário Covas, no quilômetro 19,5 da Rodovia Raposo Tavares. As informações são do Jornal da Tarde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.