Madonna confirma intenção de adotar menina

Cantora disse que está segundo o procedimento padrão para a adoção no Malauí

Agência Estado |

A cantora Madonna afirmou ontem que está seguindo procedimentos padrão para a adoção de uma menina malauiana, em resposta à acusação de que estaria usando sua fama para acelerar o processo. Madonna confirmou que está tentando adotar uma menina de cerca de quatro anos chamada Mercy James.

Um juiz malauiano realizou uma audiência de portas fechadas anteontem sobre o pedido da cantora de adotar a criança, mas adiou que a decisão sobre o assunto sairá na sexta-feira.

A mãe da menina não era casada e morreu pouco depois de dar à luz, aos 18 anos, segundo um tio da criança, John Ngalande. Acredita-se que seu pai esteja vivo, mas tem pouco contato com a filha, disse ele.

A estrela pop também levou seu filho adotivo de 3 anos, David Banda, para visitar o orfanato em Mchinji, uma vila perto da fronteira com a Zâmbia, onde ele viveu.

Anteontem, ela o levou para encontrar-se com seu pai biológico pela primeira vez desde que David deixou o Malauí, em 2006. "Madonna está comprometida em manter o atual relacionamento de David com suas raízes malauianas", disse Liz Rosenberg, agente da cantora, por e-mail.

Repercussão

Uma coalizão de organizações não-governamentais chamada Comitê Consultivo de Direitos Humanos criticou Madonna por sua tentativa de adoção, dizendo que a medida deveria ser o último recurso e que a criança precisa ser criada por sua própria família. "Mercy James é uma criança que tem parentes próximos vivos e nós pedimos que Madonna dê assistência à criança aqui", diz um comunicado do grupo.

Mas outros dizem que a adoção traria oportunidades para a menina que ela não teria em Malauí, país pobre onde 14% dos adultos estão infectados pelo vírus da aids.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que metade das cerca de 1 milhão de crianças que perderam um ou os dois pais ficaram órfãs em razão da doença.

    Leia tudo sobre: madonna

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG