Londres dos anos 60 é retratada por Peter Whitehead

Filmes do cineasta britânico estão no festival In-Edit

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Sem Peter Whitehead, não haveria videoclipe. O cineasta britânico, que nos anos 60 filmou nomes como Rolling Stones, Led Zeppelin e Jimi Hendrix em Londres, é um dos principais responsáveis pelo desenvolvimento da linguagem que resultou, vinte anos depois, na MTV. Alguns de seus principais trabalhos estão reunidos no In-Edit, festival de documentários sobre música que acontece até o próximo dia 28 em São Paulo.

Nascido em 1937, Whitehead começou a dirigir documentários na metade da década de 60. Apesar de seu nome ser geralmente associado à música, em sua carreira ele tratou dos mais diversos temas. Em "Wholly Communion", por exemplo, retratou poetas da geração beat como Allen Ginsberg no Royal Albert Hall, em 1965. Dois anos depois, em "Benefit of the Doubt", documentou a famosa peça do mesmo nome, de Peter Brook.

Seus lendários "pop promos" eram clipes numa época em que esse termo nem existia. Foram feitos, entre 1966 e 1969, para o programa Top of the Pops. Entre eles, estão Jimi Hendrix tocando o clássico "Hey Joe" e Mick Jagger sendo atacado por fãs em "Have Your Seen Your Mother Standing in the Shadow". Esses e outros trabalhos estão reunidos no programa "The Peter Whitehead Pop Promos", que será exibido nos dias 22 e 27.

Também está na programação o seu trabalho mais famoso, o documentário "Tonite Let's All Make Love in London", de 1967. Nele, Whitehead retrata a cena cultural de Londres da época. A lista de nomes entrevistados impressiona: John Lennon, Mick Jagger, Julie Christie, Vanessa Redgrave e Michael Caine, entre outros. O próprio Whitehead, no entanto, definia o filme como "uma paródia do cenário londrino" do momento.

O terceiro e melhor trabalho de Whitehead presente no In-Edit é "Led Zeppelin Live at the Royal Albert Hall", de 1970. Dessa vez, não há entrevistas ou encenações. O filme consiste simplesmente na banda tocando. Mas isso é mais do que suficiente para gerar uma pequena obra-prima do cinema musical. Afinal, em 1970 o Led Zeppelin estava no auge e esse show mostra porque o grupo é um dos melhores da história do rock.

Na época, a banda havia lançado apenas dois álbuns. Seu som ainda não era não diversificado e baseava-se principalmente no blues. Em músicas como "Dazed and Confused" e "Moby Dick", há longos solos que mostram toda a genialidade de Jimmy Page (guitarra) e John Bonham (bateria). Já em "Communication Breakdown" e "Whole Lotta Love", é o peso puro que dá o tom. Os característicos vocais de Robert Plant são um espetáculo à parte.

Se comparado com "The Song Remains the Same", filmado três anos depois em Nova York, este "Live at the Royal Albert Hall" é mais forte e coeso. Só não alcançou a fama daquele outro filme porque nunca foi lançado comercialmente. Durante décadas, foi conhecido apenas pelos fãs mais dedicados, através de gravações piratas. Somente em 2003 aconteceu o lançamento oficial, quando o Led Zeppelin reuniu raridades num DVD duplo.

LED ZEPPELIN LIVE AT THE ROYAL ALBERT HALL (Peter Whitehead - UK ¿ 1970 ¿ 103,BETA SP)
19/03, SEXTA-FEIRA, 23H00, CINESESC
27/03, SÁBADO, 22H30, HSBC BELAS ARTES

TONITE LET´S ALL MAKE LOVE IN LONDON (Peter Whitehead - UK ¿ 1967 ¿ 70, Beta SP)
22/03, SEGUNDA-FEIRA, 21H00, HSBC BELAS ARTES
28/03, DOMINGO, 15H00, HSBC BELAS ARTES

THE PETER WHITEHEAD POP PROMOS (Peter Whitehead - UK ¿ 1966-69 ¿ 75, Beta SP)
22/03, SEGUNDA-FEIRA, 19H00, HSBC BELAS ARTES
27/03, SÁBADO, 21H00, HSBC BELAS ARTES

SALAS

CINESESC - 320 lugares
Rua Augusta, 2.075 - Telefone: (11) 3087-0501
- Sexta a Domingo: R$ 12,00 (inteira), R$ 6,00 (meia), R$ 3,00 (comerciários).
- Segunda e Terça-feira: R$ 10,00 (inteira), R$ 5,00 (meia), R$ 2,50 (comerciários).
- Quarta: R$ 8,00 (inteira), R$ 4,00 (meia), R$ 2,00 (comerciários).

HSBC BELAS ARTES - 163 lugares
Endereço: Rua Consolação, 2.423 - Telefone: (11) 3258-4092
- Terça e Quinta a Domingo: R$ 12,00 (inteira), R$ 6,00 (meia).
- Segunda e Quarta-feira: R$ 6,00 (inteira) R$ 3,00 (meia).

    Leia tudo sobre: in-edit 2010led zeppelin

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG