Leitores do iG comentam a morte de Amy Winehouse

Em tom de choque e tristeza, internautas lamentam o ocorrido; outros criticam comportamento da cantora

iG São Paulo |

A notícia da morte de Amy Winehouse , no sábado (dia 23), recebeu mais de 800 comentários de leitores do iG . A cantora foi encontrada morta em sua casa, em Londres. Ela tinha 27 anos.

"Morreu uma cantora, nasceu um mito!", escreveu o internauta operário. "Choocada!!! Era fã da Amy. Esperava que ela se recuperasse. Ela pode ter morrido, mas jamais será esquecida", lamentou a leitora Sandy.

Acesse o especial Amy Winehouse

Muitos compararam Amy Winehouse a outros artistas que também morreram jovens, como a leitora Gueth: "É lamentável perder mais um jovem e grande artista ainda numa idade tão precoce. É o rock'n’roll... alguns sobrevivem, outros não. Pena. Mas como Janis, Elis, Raulzito, Cazuza, Cássia e tantos outros, suas canções serão ainda ouvidas por muitos, muitos anos. Outras gerações vão conhecê-la e também admirar seu talento, viajando com suas músicas. Estou triste. A impressão que fica é a de que todos os grandes, os mais sensíveis e talentosos vão cedo demais embora".

O longo histórico da cantora com drogas e álcool também foi citado. O internauta Clayton apontou: "É lamentável, embora previsto. Depois de Belgrado , seu destino ficou previsível. Quem a viu antes da fama, sabe que o sucesso e seu ex-marido a transformou. A música de está de luto".

Leitores citaram a influência de Amy sobre os jovens e o problema das drogas. Foi o caso de Carlos, que disse ser "lamentável ver o talento de alguém ser ofuscado pela dependência química. O mais triste disto é saber que ela é o retrato da nossa juventude".

"Realmente ela tinha uma voz linda, muito talento para a música, mas era uma suicida! Tenho filhos e não quero que eles cresçam tendo como ídolos pessoas assim, com valores errados", escreveu Karen, enquanto Edneusa comparou a artista com os usuários de drogas de São Paulo: "Tomara que não tenha fãs que sigam o caminho dela! Ela estava igual àqueles zumbis da cracolândia de SP, qual a diferença? Só o dinheiro! Ela era uma zumbi também... Morreu".

Siga o iG Cultura no Twitter

Mesmo com as críticas, houve quem reverenciasse a cantora, como revela o comentário da leitora Cida Santos: "O que dizer de Amy?! Amy e outros tantos que como ela se foram, para nós na flor da idade, exatamente aos 27 anos... Penso que em tão pouco tempo viveram a vida como queriam. Foram absurdos? Sim, mas e daí?! Viveram como queriam, privilégio de poucas pessoas. Cada um do grupo dos 27 anos viveu feliz do seu jeito e não do 'jeito convencional'. Que eu saiba, não fizeram mal a ninguém, e sim a eles mesmos. Tiveram uma vida muito curta, porém intensa e deixaram suas marcas. Quem hoje, no mundo do rock, nunca ouviu falar de Janes Joplin, Jimi Hendrix, Jim Morrison... e hoje Amy Winehouse? O que dizer das pessoas que morrem aos 80 anos ou mais sem deixar marca nenhuma? E o que é pior, sem ter sido feliz nenhuma vez nessa vida?".

Acesse o especial Amy Winehouse

    Leia tudo sobre: amy winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG