Legistas completam autópsia de Michael Jackson

Resultado por enquanto não será divulgado

Reuters |

Médicos legistas completaram um relatório de autópsia no corpo do cantor Michael Jackson, mas detalhes seguem indefinidos nesta segunda-feira, enquanto a polícia investiga a causa da morte do cantor e suas prescrições médicas.

Um porta-voz do Departamento de Polícia de Los Angeles disse que detetives requisitaram a autópsia, incluindo testes toxicológicos, que continua lacrada até a conclusão da investigação. Ele não pode dizer quando a investigação será finalizada e se negou a oferecer mais detalhes.

Alguns veículos de imprensa informaram que o corpo do cantor foi enterrado no cemitério Forest Lawn em Los Angeles, mas a informação não pode ser confirmada por um porta-voz da família. Um porta-voz do cemitério se negou a comentar o assunto.

A polícia investiga como o cantor, de 50 anos, morreu de repente após um ataque cardíaco no dia 25 de junho. Vários veículos de imprensa disseram que autoridades estão focadas no uso que Jackson fazia um poderoso anestésico chamado propofol, supostamente ingerido para dormir. Policiais e agentes federais vasculharam vários escritórios dos médicos de Jackson como parte da investigação.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG