Kiss se apresenta no Brasil essa semana

Banda toca em São Paulo na terça-feira (07) e no Rio de Janeiro na quarta (08)

Redação iG Música |

Nesta terça (07), o Kiss inicia sua quarta turnê pelo Brasil. O primeiro show será em São Paulo, na Arena Anhembi. Na quarta (08), a banda de Gene Simmons e Paul Stanley toca no Rio de Janeiro, na Praça da Apoteose. Ainda há ingressos para as duas apresentações.

Na capital paulista, os ingressos custam R$ 170 (pista) e R$ 350 (pista vip). No Rio, R$ 160 (pista) e R$ 350 (pista vip). A turnê do Kiss pela América do Sul começou na última sexta-feira, em Santiago, no Chile. Neste domingo, o grupo toca em Buenos Aires, na Argentina.

O show na capital chilena teve um repertório composto só de clássicos. O álbum Alive , de 1975, foi tocado praticamente na íntegra. Músicas como "Shout It Out Loud", "I Was Made for Lovin' You" e "Detroit Rock City" também estiveram presentes. Veja abaixo o set list:

Deuce
Strutter
Got to Choose
Hotter Than Hell
Nothin' to Lose
C'mon and Love Me
Parasite
She
Watchin' You
100,000 Years
Cold Gin
Let Me Go, Rock'n'Roll
Black Diamond
Rock and Roll All Nite

Bis

Shout It Out Loud
Lick It Up
I Love It Loud
I Was Made for Lovin' You
Love Gun
Detroit Rock City

É a quarta vez que o Kiss vem ao Brasil. A primeira, em 1983, foi a mais marcante de todas. Na época, a banda havia acabado de lançar o álbum Creatures of the Night (do sucesso "I Love It Loud") e lotou os estádios do Maracanã e do Morumbi.

Foi a última turnê da fase mascarada do Kiss. No ano seguinte, o grupo abandonou a maquiagem, que só foi retomada no final dos anos 1990. A segunda passagem do Kiss pelo Brasil foi nessa época de cara limpa: em 1994, a banda foi a atração principal do festival Monsters of Rock.

A terceira vez do Kiss no Brasil aconteceu em 1999, quando o grupo retomou a maquiagem e reuniu sua formação original - Gene Simmons (baixo e vocal), Paul Stanley (guitarra e vocal), Ace Frehley (guitarra e vocal ocasional) e Peter Criss (bateria e vocal mais ocasional ainda).

Os shows, alardeados como uma volta do Kiss às origens, causaram polêmica pelas acusações de uso de playback. Tanto que, mesmo com toda a produção e parafernália, perderam feio para o modesta a modesta, mas impecável, apresentação no Monsters de 1994.

A turnê que chega ao Brasil em abril comemora os 35 anos de carreira do Kiss. Da formação original, sobraram os eternos Gene Simmons e Paul Stanley. Junto com eles, tocam o guitarrista Tommy Thayer e o baterista Eric Singer.

    Leia tudo sobre: kiss

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG