Keith Richards queria ser bibliotecário, diz biografia

Autobiografia que está perto de ser publicada traz desejo secreto do guitarrista dos Rolling Stones

EFE |

O guitarrista Keith Richards, do Rolling Stones, tem o sonho secreto de ser bibliotecário, segundo ele afirma em uma autobiografia que está perto de ser publicada.

Segundo a edição de hoje do jornal inglês "The Sunday Times", Richards confessa no livro que, apesar de sua imagem de roqueiro, há anos cultiva uma paixão pelos livros e inclusive recebeu formação profissional para organizar as obras guardadas nas suas casas na Inglaterra e nos Estados Unidos.

Em sua biografia, pela qual teria recebido US$ 7,3 milhões de adiantamento, Richards explica que tentou aplicar um sistema que os bibliotecários utilizam para ordenar seus livros, entre eles muitos sobre a história do rock e a Segunda Guerra Mundial.

Além disso, Richards atuou como uma "biblioteca pública" ao emprestar exemplares de autores britânicos como Bernard Cornwell e Len Deighton para seus amigos, diz o jornal.

Segundo o "The Sunday Times", durante sua juventude na austera Inglaterra do pós-guerra, o roqueiro se refugiava na leitura antes de encontrar o blues.

Para Richards, "quando você cresce, há duas instituições que o afetam especialmente: a Igreja, que pertence a Deus, e a biblioteca, que pertence a você. A biblioteca pública é enormemente igualitária".

    Leia tudo sobre: keith richards

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG