Justiça libera venda das últimas cenas de Jackson

Gravação dos ensaios finais do cantor vão parar nos cinemas

AFP |

A justiça americana autorizou nesta segunda-feira a AEG Live, produtora dos shows que devia fazer Michael Jackson em Londres, a vender as imagens gravadas durante os ensaios, que serão utilizadas em um filme para o cinema.

Um juiz de Los Angeles (Califórnia, oeste dos EUA) confirmou, com o acordo dos administradores dos bens de Jackson e da mãe do cantor, Katherine, a validade do contrato de venda das imagens.

A Sony, que comprou as imagens, publicou um comunicado para informar que o filme sobre o Rei do Pop será lançado no dia 30 de outubro - no fim de semana de Halloween - e será alimentado por "centenas de horas de ensaios e imagens de bastidores".

A companhia também possui os direitos autorais das músicas de Michael Jackson.

O comunicado não menciona a quantia paga pela cessão dos direitos, mas o número de 60 milhões de dólares circula há várias semanas na imprensa especializada de Hollywood.

Segundo a revista Variety, 90% desta soma iria para os herdeiros de Jackson e 10% para a AEG Live.

Kenny Ortega, que gravou as imagens dos ensaios, será o diretor do filme, que se chamará "This is it", o nome previsto para a turnê do artista.

Michael Jackson morreu em 25 de junho em Los Angeles ao sofrer uma parada cardíaca. Ele tinha 50 anos.

    Leia tudo sobre: ensaiosmichael jacksonmichael jackson morte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG