Juiz decide hoje sobre herança de Michael Jackson

Justiça de Los Angeles também se pronunciará sobre tutela definitiva dos filhos do cantor

EFE |

O juiz Mitchell Beckloff da Corte Superior do condado de Los Angeles se pronunciará hoje sobre a gestão da herança de Michael Jackson e a tutela definitiva dos filhos do "rei do pop".

Em uma esperada audiência oral, Beckloff terá que decidir se mantém o advogado John Branca e o executivo John McClain como administradores únicos dos bens legados por Michael ou se outorga à mãe do cantor, Katherine, poderes para compartilhar esta responsabilidade, como quer a família do artista.

No dia 6 de julho o magistrado concedeu temporariamente a Branca e a McClain o controle sobre os ativos de Michael em cumprimento do testamento datado em 2002 no qual o cantor os nomeava gerentes de seu império, a fim de que fizessem crescer seu patrimônio e herança após sua morte.

Em sua última vontade conhecida, Michael apartava seus parentes da administração de seus bens, uma decisão que sua família não gostou e que tenta agora judicialmente que Katherine tenha acesso à tomada de decisões sobre o patrimônio do "rei do pop".

A mãe do artista, por outro lado, obterá previsivelmente o sinal verde do juiz para se tornar a tutora legal dos três filhos de Michael, Prince Michael, de 12 anos, Paris Michael, de 11, e Prince Michael II, de 07.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG