Publicidade
Publicidade - Super banner
Cultura
enhanced by Google
 

Hives e Cyndi Lauper se unem para lançar single de natal

Redação iG Música |

Acordo Ortográfico

O primeiro show em São Paulo da turnê do álbum La Plata, sexto de inéditas da carreira do Jota Quest, levou um público paulistano disposto a pular por horas embalado por uma seleção de hits da banda mineira.

O grupo provou durante sua apresentação que sabe montar uma galeria de músicas pop chiclete, daquelas que grudam na cabeça e que qualquer um consegue cantar sem nunca ter ouvido. Em diversos momentos o trabalho do vocalista Rogério Flausino foi facilitado pela plateia, que cantava músicas inteiras como Encontrar Alguém, Além do Horizonte e Na Moral.

Enquanto o guitarrista Marco Túlio puxava a maior parte das canções, a banda formada por PJ, Paulinho Fonseca e Márcio Buzelin mostrava competência na transposição dos hits de estúdio em versões ao vivo muito dançantes.

O clima de balada era visível na plateia, que foi constantemente incitada por Flausino a pular e bater palmas durante todo o espetáculo. Aliás, uma peculiaridade do vocalista é a constante troca de camisetas, aproveitando cada momento em que as luzes do palco se apagam para surgir com outra peça.

Apesar da primeira parte do show agradar a todos os presentes com a coletânea de sucessos dos mineiros, no bis a banda pareceu não empolgar com a nova canção Paralelepípedo e a participação do músico canadense Ashley Slater, membro do grupo Freak Power.

De acordo com Flausino esse seria o começo de uma nova fase para o Jota Quest. Se depender da reação do público, é aconselhável manter a fase antiga por mais tempo.

Compre músicas do Jota Quest

Leia mais sobre o Jota Quest

Leia tudo sobre: jota quest

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG