Filho de Mick Jagger toca com a sua banda Turbogeist nesta sexta, em São Paulo

Divulgação
Turbogeist, banda de Jimmy Jagger
Jimmy Jagger, o primogênito de Mick Jagger, dos Rolling Stones, faz show hoje, em São Paulo, com a sua banda Turbogeist, às 23h30. Eles abrirão o show para o LCD Soundsystem, que ele diz adorar. O grupo está escalado para tocar em festivais como o South by Southwest, de Austin (Texas), onde nasceu a mãe de James, Jerry Hall.

Ele não gosta de ser comparado com o pai. "É muito perturbador para mim. Primeiro, porque eu não tenho experiência nesse tipo de coisa, acabo de chegar ao mundo da música. É injusto, porque somos de gerações diferentes".

"Ele ouvia blues, eu ouço punk e heavy metal. Me desaponta quando fazem isso, me deixa muito desconfortável", diz Jimmy, que foi colega de aulas de teatro de Robert Pattinson, de Crepúsculo. "Não me vejo tanto como um cantor, é secundário para mim. Me vejo mais como um guitarrista", diz.

O filho de Mick diz que gosta da voz de Paul Westerberg, dos Replacements, de Glenn Danzig, do Misfits. "São os meus modelos. Como guitarrista, sou do tipo simples, não acho que seja necessário ser muito prolixo. Na minha opinião, o mais importante é passar o sentimento."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.