Jennifer Lopez é intimada a depor em caso de tiroteio

Redação iG Música |

Um caso antigo envolvendo Jennifer Lopez voltou à tona. A cantora recebeu uma intimação para depor no caso dos disparos envolvendo os rappers P. Diddy e Shyne, em dezembro de 1999, em um clube nova-iorquino. Na ocasião, três pessoas ficaram feridas e J-Lo, que era namorada de P. Diddy, foi detida junto com os acusados.

Lopez não havia sido convocada como testemunha no julgamento que condenou Shyne a 10 anos de prisão em 2001, mas agora recebeu uma intimação judicial para depor sobre o caso. Ela será chamada para relembrar a noite do incidente, no processo que Natania Reuben move contra P. Diddy e Shyne. Reuben pede uma idenização de U$ 130 milhões, por seu rosto ter sido atingido durante o tiroteio.

Em fevereiro deste ano, Shyne foi liberado da prisão por bom comportamento e cumpre pena em regime semi-aberto.

Compre músicas de Jennifer Lopez.

Leia mais sobre Jennifer Lopez .

    Leia tudo sobre: jennifer lópez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG