Jackson tomava remédios para entrar em forma

Ele tomava remédios devido as lesões que sofria durante os ensaios

AFP |

Michael Jackson tomava medicamentos, sob prescrição médica, para entrar em forma visando realizar uma série de concertos no próximo mês, em Londres, que marcariam sua volta aos palcos, informou nesta quinta-feira um advogado da família.

Jackson, que teve vários episódios com drogas de prescrição médica ao longo de sua carreira, tomava remédios devido as lesões que sofria durante os ensaios para seu grande regresso artístico, disse o advogado e porta-voz da família Brian Oxman.

Segundo Oxman, o uso destes medicamentos preocupava a família, já que vários membros do staff de Jackson tinham autorização para obter estas drogas.

O advogado comparou a situação ao caso da ex-modelo da Playboy Anna-Nicole Smith, que morreu de overdose de medicamentos.

"Isto não foi algo inesperado (...) diante dos medicamentos que ele tomava", disse Oxman no hospital, ao lado de familiares de Jackson. "O pessoal em torno dele facilitava isto".

"Não sei exatamente os remédios que ele tomava, mas as informações de que dispomos indicam uma ampla gama" de medicamentos, destacou Oxman.

Michael Levine, porta-voz de Jackson, também disse à AFP que "não ficou surpreso" com a morte do cantor.

"Juro que não fiquei surpreso com a trágica notícia de hoje. Michael seguia um caminho incrivelmente difícil e, com frequência, autodestrutivo, e isto ocorria há vários anos".

"Seu talento era indiscutível, mas também era indiscutível seu inconformismo com as regras deste mundo. Um ser humano não consegue suportar tal nível de estresse", disse Levine.

Jackson, 50 anos, morreu nesta quinta-feira de parada cardíaca em sua mansão de Bel-Air, em Los Angeles.

    Leia tudo sobre: michael jackson

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG