Jovem teria seguido o guitarrista e tirado uma foto dele

Tom Kaulitz, integrante da banda alemã Tokio Hotel, supostamente bateu em uma fã que tirou uma fotografia dele em um posto de gasolina de Hamburgo, conforme publica hoje o jornal "Bild".

Aparentemente, a jovem, acompanhada de uma amiga, seguiu o carro no qual viajava o guitarrista desde um estúdio de gravação da cidade e, quando o automóvel parou para reabastecer, tirou uma fotografia do músico, com flash, através do vidro. Tom, ídolo adolescente, é irmão gêmeo do cantor do grupo, Bill.

Segundo explicou a agredida à Polícia, Kaulitz, de 19 anos, desceu o vidro e lhe jogou um cigarro aceso, que ela recolheu e apagou sobre o vidro.

O diário diz que o integrante do Tokio Hotel, a bem-sucedida banda alemã com legiões de seguidores no mundo todo, saiu então do carro, bateu na jovem e a jogou no chão.

Ele também empurrou a colega da jovem e, logo em seguida, subiu em seu carro e deixou o local.

As agredidas entraram em contato com a Polícia de Hamburgo, que abriu uma investigação dos fatos.

O "Bild" diz que teve acesso à fita de vídeo-vigilância do posto de gasolina e que as imagens confirmam o testemunho das jovens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.