Gravadora pede desculpas por aumentar preço de discos de Whitney Houston

Coletâneas da cantora tiveram reajuste de até 60% em loja virtual britânica no domingo

iG São Paulo |

A sucursal britânica da Sony Music, após dois dias de silêncio, veio a público se desculpar por ter reajustado para cima na internet o preço de duas coletâneas de Whitney Houston. O aumento na loja virtual iTunes foi realizado na manhã de domingo (12), poucas horas depois da morte da cantora norte-americana , aos 48 anos.

O álbum "The Ultimate Collection" subiu 60%, enquanto "Whitney: The Greatest Hits" teve um acréscimo de 25%.

Siga o iG Cultura no Twitter

Em comunicado, a Sony da Grã-Bretanha afirma que os preços foram "incorretamente reajustados" no iTunes e que o erro, depois de descoberto, foi corrigido imediatamente, embora o valor só tenha voltado ao normal na noite de domingo. "Nos desculpamos por qualquer problema causado", diz o texto.

Em entrevista à Billboard, uma fonte da gravadora aponta que o reajuste ocorreu por "erro de um funcionário" e que apenas o iTunes britânico foi afetado. A mesma pessoa nega que a Sony costume modificar preços depois da morte de um artista e diz que reavaliações são realizadas periodicamente, de acordo com estoque e procura.

Veja: As principais músicas de Whitney

Lojas virtuais estrangeiras como Amazon e HMV também foram acusadas de aumentar o valor dos discos da cantora, mas nada foi confirmado.

A morte de Whitney Houston provocou uma explosão de vendas . A coletânea "The Ultimate Collection" voltou a entrar para as paradas norte-americanas, em sexto lugar, e vendeu 64 mil cópias nesta semana. As faixas mais conhecidas da cantora estão entre as mais vendidas nas lojas virtuais.

Deixe seu comentário ao final do texto

Menos de 48 horas após a descoberta do corpo de Houston, executivos da Sony Music já planejavam de que forma iriam relançar os discos da cantora e comercializar material ainda não lançado. A ideia é fazer uma campanha similar a de Michael Jackson, também no catálogo da gravadora.

Leia as últimas notícias sobre o caso Whitney Houston

    Leia tudo sobre: whitney houstonsonygravadoraindústria fonográficamúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG