Glasvegas fala sobre o sumiço de James Allan

Guitarrista da banda tenta explicar o que houve com o companheiro que esteve perdido

Redação iG Música |

Os integrantes do grupo de rock Glasvegas abriram o jogo sobre o recente desaparecimento do vocalista James Allan.

De acordo com o guitarrista Rab Allan, a grande dificuldade em localizar seu primo se deveu ao fato de James estar sem um telefone celular nos últimos seis meses.

"A única maneira que tínhamos de entrar em contato com ele era por e-mail", explicou. "Eu sei que ele está bem, mas todos os outros ainda parecem muito preocupados. Eu acho que a gravadora está bem preocupada."

James Allan assustou os outros integrantes do Glasvegas no início de setembro, quando não compareceu ao Barclaycard Mercury Music Prize, evento onde o grupo deveria se apresentar.

A banda amargou cinco dias sem que ninguém ouvisse falar do músico, que acabou entrando em contato com seu empresário alegando estar em Nova York.

"Agora ele tem um celular. Nós demos um para ele em seu glorioso retorno", disse o guitarrista, cuja banda se reuniu nesta sexta-feira (11.09) para tocar com o Kings Of Leon na cidade de Boston, nos Estados Unidos.

"Voamos até Boston e ele pegou um trem em Nova York e nos encontrou lá. Nós comemos juntos, perguntamos se ele estava ok e se queria falar sobre o que houve. Como tudo voltou ao normal, decidimos esquecer o ocorrido e seguir em frente."

Rab Allan deixou claro aos jornalistas que não vai pressionar o vocalista a falar sobre seu sumiço. "Ele é um cara criativo e reservado. Eu acho que quando ele quiser falar ele vai falar", encerrou.

    Leia tudo sobre: glasvegasjames allan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG