George Michael é condenado à prisão

Cantor britânico ficará oito semanas atrás da grades por dirigir drogado

iG São Paulo com agências |

AP
George Michael chega para ouvir sentença

O cantor George Michael foi preso nesta terça-feira e deverá cumprir pena de 8 semanas por dirigir sob influência de maconha quando bateu seu carro contra uma loja no norte de Londres, em julho, informou a Press Association.

Um tribunal de Londres ouviu no mês passado o relato de como a polícia local encontrou o cantor de 47 anos caído atrás do volante de seu Range Rover na manhã do dia 4 de julho, após bater o carro contra a frente de uma loja de fotografias, no bairro de Hampstead. O motor ainda estava ligado. Quando a polícia foi retirá-lo do carro, ele ainda tentou engatar a marcha, apesar de não estar totalmente consciente.

O astro foi detido e levado à delegacia de Hampstead, onde se descobriu que ele portava cigarros de maconha. Uma amostra de sangue foi tirada e substâncias ligadas à maconha foram encontradas em seu corpo. Ele não havia ingerido álcool.

Michael, cujo nome verdadeiro é Georgios Panayiotou, deve cumprir quatro semanas de prisão e o resto da sentença em regime de liberdade assistida.

O popstar já se envolveu em outros incidentes com drogas no passado. Em maio de 2007, ele admitiu que estava dirigindo sob influência de drogas em outro processo também em Londres. Na ocasião, ele foi preso depois que o cantor deixou seu carro parado, obstruindo um cruzamento em Cricklewood, no norte de Londres.

* com Reuters e BBC Brasil

    Leia tudo sobre: george michaelprisãodrogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG