Fãs denunciam caos em show de Bruce Springsteen

Show em Santiago de Compostela, na Espanha, teve confusão na entrada

EFE |

Dezenas de pessoas apresentaram denúncias devido às aglomerações e desconfortos sofridos no show de Bruce Springsteen na cidade espanhola de Santiago de Compostela, que fechava sua turnê europeia.

As denúncias foram apresentadas à Polícia Nacional, à Prefeitura de Santiago e ao Escritório Municipal de Atendimento ao Consumidor.

Os denunciantes alegam que tiveram que esperar cerca de duas horas para poder entrar no local do evento, o que os organizadores negam, ao afirmar que abriram as portas às 20h, duas horas antes do início previsto do show.

Também denunciam que, quando começou a apresentação, ainda havia pessoas esperando do lado de fora do local e que, naquele momento, foi permitido o acesso sem apresentar as entradas, o que permitiu que entrassem pessoas que não tinham pagado.

O que aconteceu do recinto para dentro é de responsabilidade da Doctor Music ¿ organizadora do evento ¿, assim como a ordem ao acesso das portas, a hora de abertura e a obrigação de ter um livro de reclamações no local, segundo uma autoridade.

A fonte acrescentou que as portas foram abertas às 20h45, em vez de às 20h como estava previsto, e disso derivou "parte do problema" posterior. A partir daquele momento, houve aglomerações e "um número grande de pessoas com ingresso não entraram no local", afirmou.

Daniel Gutiérrez, responsável de imprensa da Doctor Music, disse à Agência Efe que as portas abriram às 20h e negou qualquer atraso.

    Leia tudo sobre: bruce springsteen

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG