Fãs acampam em São Paulo para esperar Axl Rose

Guns N Roses se apresenta neste sábado no estádio Palestra Itália

Agência Estado |

Os seguranças noturnos do Estádio Palestra Itália, na zona oeste de São Paulo, têm passado madrugadas menos tediosas nesta semana. Desde segunda-feira, a calmaria do local após a meia-noite ¿ que antes era perturbada apenas por um ou outro bêbado ¿ deu lugar a longos bate-papos com os novos habitantes temporários da calçada da Rua Turiaçu: os jovens acampados para garantir os melhores lugares no show da banda norte-americana Guns N Roses, no sábado.

"A gente passa a noite toda trocando ideia com eles. É um pessoal bem gente boa. Ontem nem dormimos, ficamos só conversando", conta o skatista profissional Rodrigo Francisco Rodrigues, de 22 anos, que de terça para quarta passou a primeira noite da sua vida acampado na frente de uma casa de show. "Estou fazendo isso só porque é o Guns. É minha banda favorita, já faz quase dez anos", diz.

AE

Os amigos Ademir Shekchi Junior e Francisco Cardoso Rodrigues, acampados no Palestra Itália

Rodrigo é um dos 11 fãs mais ansiosos que começaram a chegar quase uma semana antes da apresentação. Para evitar atritos e otimizar a convivência, há uma divisão solidária de tarefas dentro do grupo. "Todo mundo se reveza. Eu, que não trabalho, posso ficar mais tempo aqui durante o dia e ajudar quem tem de ir para o serviço", afirma o estudante Ademir Suekichi, de 17 anos.

Na hora de entrar no show, a ordem de chegada na fila e o total de horas de colaboração nas barracas ¿ dados metodicamente anotados todos os dias ¿ serão contabilizados para definir a ordem de quem entra primeiro. "Nós fazemos isso para poder ficar na grade, o mais perto possível da banda", explica Ademir.

E, coisa de fã, ele fala isso sem saber se realmente verá o show de sábado. Desempregado há três meses, Ademir ainda não tem ingresso e espera arrecadar dinheiro na própria fila para comprar a entrada de cambistas. "Conheço gente que já fez isso em outros shows. Acho que vai dar certo", afirma.

Na pior das hipóteses, ele vai agradar a namorada, uma moradora de uma pequena cidade na região de Blumenau, em Santa Catarina, fanática por Guns N Roses. "Estou guardando lugar para ela, que vem de excursão e só chega no dia do show. Não custa nada", diz, modesto, o namorado-modelo, que, no total, vai passar cinco noites acampado e na maior expectativa na calçada da Rua Turiaçu.

    Leia tudo sobre: guns n roses

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG