Família de Whitney Houston se diz 'entristecida' com resultado de autópsia

Legistas encontraram cocaína no corpo da cantora morta aos 48 anos

iG São Paulo |

Getty Images
Whitney Houston em 2008
Familiares de Whitney Houston disseram estar "entristecidos" com o resultado da autópsia feita no corpo da cantora. Segundo laudo divulgado nesta quinta-feira (dia 22) pelo departamento de medicina legal de Los Angeles, a causa da morte foi afogamento acidental , que pode ter sido causado por um problema cardíaco e pelo uso de cocaína.

O fato de terem sido encontrados vestígios de drogas no corpo de Whitney entristeceu integrantes de sua família.

"Estamos entristecidos com os resultados toxicológicos", disse Patricia Houston, cunhada da cantora. "Mas estamos felizes que o caso tenha sido encerrado."

Ouça dez dos maiores sucessos de Whitney Houston

Segundo o laudo médico, Whitney era uma usuária crônica de cocaína e sofria de problemas no coração. Os legistas não informaram quanto da droga a cantora havia ingerido, mas disseram que ela havia consumido cocaína momentos antes de morrer.

Veja as transformações de Whitney Houston

Amigo de Whitney, Ray J. disse ao site TMZ que ele não sabia que a cantora estava usando cocaína recentemente. Os dois foram vistos juntos dias antes da morte.

Whitney Houston, 48, foi encontrada morta em 11 de fevereiro , em um quarto de hotel de Beverly Hills. Ela estava em uma banheira, debaixo d'água. "A senhora Houston foi retirada da banheira por membros da equipe dela e a segurança do hotel foi notificada de imediato", disse a polícia, em comunicado, à época.

O enterro de Whitney foi realizado em 19 de fevereiro , no cemitério Fairview, em Westfield, em Nova Jersey, onde também está o corpo de seu pai, John Russell Houston, morto em 2003. O enterro foi presenciado apenas por familiares e teve forte proteção policial.

    Leia tudo sobre: Whitney Houstonmúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG