Família confirma adiamento do enterro de Jackson

Enterro será dia 3 de setembro,no cemitério Forest Lawn Glendale, no condado de Los Angeles

EFE |

A família de Michael Jackson confirmou hoje o adiamento do enterro do "rei do pop", de 29 de agosto para a tarde do dia 3 de setembro, no cemitério Forest Lawn Glendale, no condado de Los Angeles.

A notícia chegou justamente no dia seguinte que o pai do cantor, Joe Jackson, antecipou à imprensa americana que tinham previsto atrasar dois dias a cerimônia para "se colocar algumas coisas em ordem antes de deixar Michael descansar", como afirmou ao portal "TMZ".

A data de 31 de agosto, no entanto, terminou por ser descartada, embora não tenham sido explicados os motivos, se optando por adiar o sepultamento para quinta-feira 3 de setembro, às 19h (23h de Brasília), no mesmo local.

A mudança aconteceu três dias depois que os porta-vozes dos Jacksons anunciaram que o artista receberia uma sepultura em 29 de agosto, dia no qual completaria 51 anos.

Está previsto que o enterro consista em uma pequena cerimônia de caráter privado na Holly Terrace do grande mausoléu do cemitério que será limitada "à família e amigos próximos", segundo a informação oficial.

Michael Jackson morreu no dia 25 de junho, mas seu enterro foi postergado pela falta de acordo entre os familiares sobre onde sepultar o artista e pelo interesse de conservar o corpo para realizar novos testes em caso de ser necessário para a investigação.

A Polícia continua trabalhando para esclarecer os motivos da repentina morte do "rei do pop" sobre a hipótese de um uso indevido de remédios de prescrição médica.

O ex-médico pessoal de Michael, Conrad Murray, se tornou o eixo principal da investigação depois que confessou ter fornecido ao cantor Propofol, um potente calmante, na véspera de sua morte, segundo informou à imprensa.

    Leia tudo sobre: michael jacksonmichael jackson morte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG