Ex-baixista do Alice In Chains é encontrado morto

Em comunicado no site oficial, membros da banda lamentaram falecimento

iG São Paulo |

Reprodução
Mike Starr no programa "Celebrity Rehab"
O ex-baixista do Alice In Chains, Mike Starr, de 44 anos, foi encontrado morto nesta terça-feira, 8. A polícia de Salt Lake City, em Utah, Estados Unidos, confirmou a informação ao site TMZ. O pai de Starr classificou a morte como "uma tragédia terrível".

Em comunicado no seu site oficial, os integrantes do Alice In Chains se manifestaram sobre a morte. "Os membros do Alice In Chains lamentam a perda de um amigo e pedem à imprensa que respeite sua privacidade, bem como a da família de Starr, neste momento difícil. Suas orações estão com a família de Starr", diz o breve comunicado.

Starr fez parte da formação inicial do Alice In Chains, tocando com a banda entre 1987 e 1993. Ele gravou os álbuns "Facelift" (1990) e "Dirt" (1992). No ano passado, o baixista participou do programa de TV "Celebrity Rehab", em que tratava de seus problemas com drogas. No último mês ele havia sido preso por porte de drogas, segundo o TMZ.

O Alice In Chains foi uma das principais bandas do movimento grunge no começo dos anos 90. Lançou quatro discos ("Black Gives Way to Blue", o último, é de 2009) com sucessos como "Man In The Box", "Them Bones" e "Would?". Starr é o segundo membro da banda a falecer. Em 2002, o vocalista Layne Staley morreu de overdose em sua casa em Seattle.

    Leia tudo sobre: mike starralice in chainsmorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG