Exames no corpo de Amy Winehouse não apontam drogas

Segundo a família, análise toxicológica só indica presença de álcool, sem definir se teve fator determinante na morte da cantora

iG São Paulo com agências |

Os exames toxicológicos feitos no corpo de Amy Winehouse deram negativo para a presença de substâncias ilícitas, revelou um porta-voz da família da cantora nesta terça-feira (23). A análise acusou, no entanto, a presença de álcool no organismo, mas não determinou se ele foi uma das causas da morte da cantora.

Acesse o especial Amy Winehouse

AP Photo/Matt Dunham
Amy Winehouse: exames não encontraram substâncias ilícitas no corpo da cantora
Amy Winehouse foi encontrada morta no dia 23 de julho em sua casa, no bairro de Camdem Town, no norte de Londres. A autópsia feita pela polícia na época havia sido inconclusiva . O inquérito para determinar a causa da morte está previsto para terminar em outubro. No comunicado oficial, a família agradeceu a polícia "pela continuidade nas investigações e por mantê-los informados durante todo o processo".

A divulgação do resultado dos exames acaba com a teoria da família de Amy, que acreditava que a morte havia ocorrido em decorrência da parada abrupta no consumo de álcool . O pai da cantora, Mitch Winehouse, declarou, na semana após sua morte, que Amy estava há três semanas sóbria. A abstinência, segundo os familiares, teria causado efeitos nocivos no corpo frágil da cantora de 1,59.

Siga o iG Cultura no Twitter

Segundo o jornal britânico Daily Telegraph, na noite da sexta-feira (22 de julho) o médico de Winehouse visitou a casa da cantora e saiu sem preocupações com o estado de saúde dela. A polícia de Londres também revelou que nenhuma droga foi encontrada na casa. Winehouse passava por acompanhamento médico devido a seu conhecido vício em entorpecentes.

Retrato de Amy Winehouse será exibido no metrô de Londres

No entanto, um vizinho da cantora, que pediu manter o anonimato, declarou à imprensa que, na sexta-feira (22), acordou assustado porque ouvia gritos vindos da casa de Amy. "Ouvi ruídos enormes, como se alguém estivesse sentindo dores. Brinquei com meu filho dizendo a ele que talvez ela estivesse usando drogas", afirmou o vizinho.

Acesse o especial Amy Winehouse

    Leia tudo sobre: amy winehouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG