Estado do Sergipe desiste de processo contra Rita Lee

Hipótese de reaver o cachê após confusão no show da cantora foi descartada pelo governador Marcelo Déda

iG São Paulo |

O governo de Sergipe desistiu de abrir um processo contra a cantora Rita Lee, em que pleitearia a devolução do cachê pago à artista pela apresentação realizada em Aracaju no último sábado (28).

Após o show, Rita Lee foi detida e levada a uma delegacia . Durante a apresentação, a cantora gritou contra policiais porque, segundo ela, eles estavam agredindo pessoas da plateia.

Este foi o último show da cantora. Há dez dias, Rita Lee anunciou seu afastamento dos palcos , devido a uma "fragilidade física".

De acordo com a assessoria de imprensa do governo de Sergipe, a hipótese de reaver o cachê foi levantada pelo governador Marcelo Déda (PT) durante a confusão na madrugada de domingo (29), mas foi arquivada. Apesar disso, o processo por desacato iniciado com a detenção da cantora segue normalmente.

Na segunda-feira (30), o governo de Sergipe disse em nota oficial que " a Polícia Militar cumpriu seu papel com louvor e agiu com sensatez ao não interromper a apresentação de Rita Lee no momento em que foi insultada e desafiada pela artista, afinal, outra reação poderia provocar manifestações violentas na plateia, atrapalhando o clima de paz e tranquilidade registrado até então no evento".

Poder Online: Veja quando o governador de Sergipe se retirou do show de Rita Lee

Assista abaixo ao momento em que Rita Lee critica policiais durante o show em Aracaju:

null

    Leia tudo sobre: rita leemúsicapm

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG