Eric Clapton alterna hits e blues no show em Porto Alegre

Turnê do músico pelo Brasil continua com apresentações no Rio de Janeiro e em São Paulo

Cristine Kist, especial para o iG |

AE
Eric Clapton se apresenta na capital gaúcha
Porto Alegre assistiu na noite desta quinta-feira (6) ao primeiro show da nova turnê pela América Latina de Eric Clapton. As próximas apresentações do músico serão no Rio de Janeiro, nos dias 9 e 10, e em São Paulo, no dia 12.

O show na capital gaúcha marcou a volta do guitarrista ao País após um intervalo de dez anos (a última passagem por aqui foi para divulgar o CD "Reptile", de 2001), e foi também o primeiro depois da atual turnê, "Clapton", desde junho. Em Porto Alegre desde a segunda-feira, o músico chegou a circular nas ruas próximas do hotel onde está hospedado e fechou um teatro (fechou mesmo, com direito a portas lacradas e grande esquema de segurança) para ensaiar nos últimos dois dias.

Siga o iG Cultura no Twitter

Horas antes do show, ambulantes já aproveitavam o movimento e vendiam camisetas e faixas "para ficar de recordação do Eri Crep [sic]". O esquema especial de trânsito montado para facilitar o acesso à região do show não evitou os engarrafamentos e muitos fãs chegaram em cima da hora.

O guitarrista inglês subiu ao palco às 22h01. As cerca de 20 mil pessoas que deixaram praticamente lotado o estacionamento da Federação das Indústrias do Estado Rio Grande do Sul (Fiergs) vibraram com "Going Down Slow". A primeira música foi, aliás, uma das poucas surpresas de um show relativamente burocrático: geralmente, a escolhida para abrir é "Key to the Highway", que desta vez foi a segunda do setlist. Mas foi já em "Going Down Slow" que o guitarrista arriscou seu primeiro "obrigado".

Depois veio o hit "Hoochie Coochie Man", que levantou a plateia pela primeira vez. Na sequência, foi a vez da lenta "Old Love". A iluminação do palco, que até então era azul, ficou vermelha e vários casais aproveitaram a mudança de clima para dançar. A quinta música foi a grande surpresa da noite: "Tearin' us Apart" não constava nos últimos setlists da turnê.

Com "Driftin' Blues", o guitarrista abriu o trecho acústico do show, com aplausos acompanhando o ritmo das músicas. Em seguida vieram "Nobody Knows When You're Down and Out", a agitada "Lay Down Sally" e "When Somebody Thinks You're Wonderful" (a única do CD mais recente) – todas com Clapton sentado, alternando entre o violão e a guitarra.

Aí chegou a vez da mais esperada da noite: "Layla". A versão escolhida por Clapton foi muito parecida com a do CD lançado neste ano em parceria com o jazzista Wynton Marsalis. De novo de pé, "Badge" manteve o nível com ótimos solos do deus da guitarra.

A última parte do show começou com "Before You Accuse Me" e "Little Queen of Spades". Foi nesta segunda que o tecladista Tim Carmon, que já tocou também com Stevie Wonder e Bob Dylan, roubou a cena. A banda, um espetáculo à parte, é formada também pelo baterista Steve Gadd, pelo baixista Willie Weeks, por outro tecladista, Chris Staiton, e pelas vocalistas de apoio Michelle John e Sharon White.

Futura Press
Eric Clapton em Porto Alegre: sucessos e ótima banda
O encerramento veio com "Cocaine" (à qual o público respondeu com um entusiasmado coro) e "Crossroads". Foi justamente a última música a preferida do estudante Ângelo Maestri, que aguardava pelo início do show desde as 16h: "Toco guitarra há quatro anos e já gostava dessa música na versão do [blueseiro] Robert Johnson". Para ele, a espera valeu a pena: "Ele tocou algumas músicas mais desconhecidas, então entendo que muita gente não tenha gostado tanto, mas eu, que presto mais atenção na parte técnica, achei ótimo".

Depois das apresentações no Rio e em São Paulo, Clapton segue ainda para Buenos Aires e Santiago, onde encerra a turnê pela América Latina no dia 16. Os ingressos para os shows no Brasil podem ser comprados nos pontos de venda autorizados , pelo site Livepass e pelo telefone 4003-1527. Confira abaixa as datas e valores para as cidades que ainda faltam na turnê. Atenção: vários setores já estão esgotados.

Rio de Janeiro
Data: 9 de outubro
Local: HSBC Arena
R$ 950 - cadeira premier
R$ 720 - cadeira vermelha
R$ 720 - camarote
R$ 600 - cadeira roxa
R$ 560 - cadeira azul
R$ 480 - cadeira branca
R$ 480 - cadeira rosa
R$ 420 - cadeira amarela
R$ 340 - cadeira verde
R$ 280 - cadeira laranja
R$ 420 - nível 1
R$ 240 - nível 3

São Paulo
Data: 12 de outubro
Local: estádio do Morumbi
R$ 650 - cadeira ourocard
R$ 500 - cadeira setor A
R$ 400 - cadeira setor B
R$ 300 - cadeira setor C
R$ 250 - cadeira setor D
R$ 350 - cadeira inferior A
R$ 350 - cadeira inferior B
R$ 380 - cadeira coberta azul
R$ 380 - cadeira coberta vermelha
R$ 380 - cadeira coberta laranja
R$ 400 - cadeira premium azul
R$ 400 - cadeira premium laranja
R$ 180 - arquibancada especial
R$ 140 - arquibancada azul
R$ 140 - arquibancada laranja
R$ 140 - arquibancada vermelha

    Leia tudo sobre: eric claptonmúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG