Ennio Morricone e Björk ganham "Nobel" da música

Júri do prêmio Polar destacou contribuições do compositor e da cantora islandesa

EFE |

O compositor italiano Ennio Morricone e a cantora islandesa Björk receberam ontem em Estocolmo o prêmio Polar, considerado o "Nobel" da música. O júri destacou que as composições "geniais" de Morricone "elevaram nossa existência a outro plano".

Diante da impossibilidade de usar uma orquestra completa por limitações orçamentárias, Morricone usou a criatividade para fazer a trilha sonora do filme Por Um Punhado de Dólares em 1964. Ele construiu "um estilo que marcou o tom da música para o cinema durante meio século", disse o júri, que destacou a influência do compositor se estende também ao pop, o rock e a música clássica.

Getty Images
Björk: trânsito entre pop e vanguarda
A decisão destacou a "marca indelével" que Björk fez ao pop e a cultura moderna com sua música e letras "profundamente pessoais" e que "nenhum outro músico se movimenta tão livremente entre a vanguarda e o pop". "Björk introduziu um temperamento ártico na música popular e mostrou o quanto é apaixonada e explosiva ao mesmo tempo", assinalou o júri.

Nascido em Roma em 1928, Morricone conquistou sucesso a partir de suas colaborações nos filmes de Sergio Leone, como em Três Homens em Conflito . Compôs a trilha sonora de mais de 450 filmes, trabalhando com diretores como Gillo Pontecorvo, Pier Paolo Pasolini, Bernardo Bertolucci, Giuseppe Tornatore, Brian De Palma, Roman Polanski, Warren Beatty, Oliver Stone e Pedro Almodóvar.

Natural Reykjavík, na Islândia, Björk, 44 anos, ganhou fama no final da década de 1980 com sua banda de punk-pop The Sugarcubes, que abriu as portas para sua bem-sucedida carreira solo, em 1993.

Cada um dos ganhadores receberá 1 milhão de coroas suecas (US$ 129 mil). O prêmio Polar foi criado em 1989 por Stig Andersson, editor, compositor e representante do grupo Abba. Desde de 1992, quando começou a ser entregue, o Polar já premiou intérpretes como B.B. King, Keith Jarrett, Bob Dylan, Ray Charles, Pierre Boulez, Elton John, Bruce Springsteen, Stevie Wonder, Pink Floyd, Dizzy Gillespie e Gilberto Gil.

    Leia tudo sobre: BjorkEnnio Morricone

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG