Em São Paulo, Katy Perry encerra turnê pelo Brasil em grande estilo

Cantora mostra produção completa da 'Califórnia Dreams Tour' e agita público em noite fria

Rafael Bergamaschi, iG São Paulo |

Katy Perry encerrou na noite deste domingo (25) a curta passagem pelo Brasil de sua turnê “California Dreams”. O show realizado na Chácara do Jockey Clube, em São Paulo, foi o segundo da cantora que, na última sexta-feira (23), se apresentou no palco do Rock in Rio . Os paulistanos puderam ver a produção completa do espetáculo que firma o nome de Katy como uma das principais musas pop da atualidade.

AgNews
A cantora Katy Perry durante sua apresentação na Chácara do Jockey Clube, em São Paulo
O público reunido na chácara era eclético: grupos de jovens moderninhos dividiam espaço com mães e pais que levavam as filhas adolescentes. Apesar dos 15 graus que fazia na capital paulistana, a aglomeração de pessoas disfarçava a sensação térmica. Marcado para começar às 20h, o show teve início com apenas dez minutos de atraso, quando um vídeo passa no telão.

Nele, vemos Katy Perry, louca por doces, querendo misturar tudo com sobremesas, até mesmo carne. Os vídeos, que não foram exibidos no Rock in Rio , prosseguiriam ao longo de toda apresentação, contando uma história que conversava diretamente com o que acontecia sobre o palco. O enredo consistia, basicamente, nas aventuras de Katy em busca do gato perdido e sua paixão por guloseimas açucaradas.

Eis que surge, enfim, Katy Perry, com um vestido prateado e já de cara lançando mão de “Teenage Dream”, um de seus maiores sucessos. Depois de um começo animado, no entanto, o show sofre uma decaída nas três canções seguintes. “Hummingbird Heartbeat”, “Waking Up in Vegas”, antes da qual Katy fez a primeira de mais de dez trocas de roupa, e nem mesmo “Ur So Gay” conseguiram animar o público morno.

Siga o iG Cultura no Twitter

Depois disso veio a parte mais sensual da apresentação. Primeiro com “Peacock”, que contou com Katy exibindo um rabo de pavão e fazendo diversos gestos sugestivos. Em seguida, como no Rio de Janeiro, a cantora pediu para que um fã tirasse a camisa e subiu no palco, Katy, então, o acaricio e beijou o rosto do felizardo, que parecia embriagado de tanta animação. Logo depois, ela emendou “I Kissed a Girl”, em versão quase blues, parecida com a do álbum “MTV Unplugged”. A plateia, definitivamente, era sua.

Katy havia dominado o palco e o público presente de vez. Dançando em conjunto com os bailarinos - que, por vezes, subiam em trapézios e faziam algumas acrobacias -, a cantora manteve sempre a energia em alta no show que foi uma mescla de música, dança e teatro. Mímicos, um dançarino vestido de Elvis Presley e até uma garota com fantasia de caça-níqueis ajudaram a dar um ar de espetáculo da Broadway ao evento.

As falas açucaradas em relação ao Brasil e à cidade, claro, só ajudaram na conquista do plateia. “Aqui é o melhor lugar do mundo”, “eu sempre vou voltar ao Brasil, em todas as minhas próximas turnês”, “eu amos vocês”, “queria tanto saber falar português”, foram algumas das frases proferidas ao público delirante.

Mas o show ainda estava só no começo. Ainda viriam a celebrada “E.T”, a qual Katy cantou boa parte sobre os braços de quatro dançarinos, e o momento balada da apresentação. Acompanhada de dois violões, Katy cantou o cover de Rihanna “The One That Got Away” e logo depois, empunhando um violão, foi a vez de “Think of You”. Sem banda de apoio, bailarinos ou trapezistas, a cantora provou que sabe cantar, mesmo sem firulas.

AgNews
“Eu sempre vou voltar ao Brasil, em todas as minhas próximas turnês”, prometeu Katy Perry
Daí em diante, não tinha muito como errar. O show já chegava aos momentos finais e diversos hits ainda não tinham sido tocados. Em “Hot N Cold”, destaque para as sete trocas de roupa realizadas durante a canção em um biombo improvisado no palco. “Last Friday Night” (T. G. I. F.) ainda faria toda a pista pular e em seguida, “Firework” contaria com fogos de artifício de verdade lançados no palco.

A breve pausa que seguiu a sequência de sucessos serviu para a cantora voltar pela última vez ao palco. A escolhida para o bis foi “Califórnia Gurls”, que foi acompanhada por dançarinos vestidos de biscoito. 21h55 o show chega ao fim e o público aos poucos acorda de um sonho açucarado, repleto de cupcakes, algodão doce, chocolate, chantily e roupas curtíssimas.

    Leia tudo sobre: katy perrymúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG