Em protesto, Lobão recusa proposta para tocar no Lollapalooza

Músico diz que tomou a atitude porque os artistas brasileiros serão obrigados a tocar em horários ruins no festival

iG São Paulo |

AE
O cantor Lobão
O cantor Lobão afirma ter recusado proposta para se apresentar no festival Lollapalooza porque, segundo ele, os artistas brasileiros seão obrigados a tocar em horários supostamente ruins.

A declaração foi colocada no YouTube pelo próprio Lobão.

"Um festival desse tem de ter interação. Fulano quer ver o show do beltrano. Pois acabei de recusar participação no Lollapalooza porque isso não acontecerá", disse Lobão.

E citou o "achincalhe" que foram os festivais Rock in Rio e SWU - ele afirma ter recusado também uma proposta do SWU, ocorrido entre os dias 12 e 14 de novembro. "É inadmissível que nossos heróis tenham virado nossos algozes, vilões de terceira categoria."

Segundo Lobão, no Lollapalooza os artistas brasileiros terão que tocar entre 10h e 15h, "independentemente de você ter 30 anos de estrada".

"Não entendo por que não podemos ter um festival tudo misturado, seria muito mais bonito."

Leia também - Lobão: a ovelha negra da música brasileira

E Lobão vai além: "Assim como eu estou fora, faço uma convocação aos artistas brasileiros que não façam essa participação. Tem uma lei que obriga que os festivais tenham atracões brasileiras. Se não tiver atrações brasileiras, não pode rolar o festival. Seria legal, hein?".

A primeira edição brasileira do festival Lollapalooza acontecerá nos dias 7 e 8 de abril de 2012 em São Paulo. Na segunda-feira (dia 21) os organizadores devem divulgar as atrações do evento. A pré-venda de ingressos começa na terça-feira (dia 22).

    Leia tudo sobre: LollapaloozaLobãomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG